Caixa aprova novo estatuto que limita indicações políticas


Baseado na Lei das Estatais, o novo estatuto da Caixa Econômica Federal foi aprovado nesta sexta-feira (19) em assembleia geral. De acordo com o G1, o texto limita as indicações políticas para os cargos de direção da instituição financeira. A mudança acontece na semana em que quatro dos 12 diretores da Caixa, indicados por partidos aliados do governo Temer, foram afastados de suas funções por suspeitas de irregularidades. Conforme o novo estatuto, o conselho de administração do banco terá a prerrogativa de alterar a direção da Caixa. O órgão poderá, por exemplo, modificar ou manter os atuais vice-presidentes e diretores, segundo os critérios estabelecidos na Lei das Estatais. A nomeação do presidente da instituição ficará a cargo do presidente da República. (Bahia.Ba)