Bruno Reis diz que aproximação com o PSL ‘está se intensificando cada dia mais’


A aliança e aproximação entre o DEM e o PSL em Salvador está se intensificando “cada dia mais”, segundo o vice-prefeito da cidade, Bruno Reis (DEM), nesta quinta-feira (9). Cotado para concorrer a prefeitura de Salvador em 2020, o democrata adiantou que não está descartada a presença e a indicação do vice por parte do PSL em uma chapa nas eleições municipais do ano que vem.

Segundo Bruno Reis, vários critérios serão levados em conta para a decisão. “A importância é em torno dos nomes. Óbvio que ter tempo de televisão, ser partido do presidente da República, são critério para ser levados em consideração, mas eu acho que importância maior é ter o nome”, explicou o vice-prefeito de Salvador.

O democrata ainda defendeu a harmonia e boa relação entre os aliados, ao comentar sobre o recente clima de tensão no PSL da Bahia após declarações da deputada estadual Talita Oliveira, e sua destituição da presidência do PSL Mulher na Bahia por determinação do secretário-geral do PSL na Bahia, Alberto Pimentel. (BN)




Riachão das Neves: Dois morrem em acidente que envolveu carretas e viatura da PRF


                                                                                             Foto: Reprodução / Blog do Braga

Um acidente que envolveu uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA) deixou dois mortos na noite desta quarta-feira (8) em um trecho da BR-135 de Riachão das Neves, no extremo oeste baiano.  Segundo o delegado Rivaldo Luz ao G1, uma carreta carregada de grãos tombou na rodovia. Com a soja derramada na pista, moradores começaram a saquear a carga. Policiais rodoviários federais foram acionados, chegaram ao local e estacionaram a viatura.

No entanto, outra carreta perdeu o freio e atingiu a viatura da PRF, bateu no caminhão que tinha tombado, atingindo pessoas que catavam grãos. Dois delas vieram a óbito. Dois policiais da PRF ficaram feridos também no acidente e foram encaminhados para o Hospital do Oeste, em Barreiras. Não há mais informações sobre o estado de saúde dos agentes. Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Barreiras.

Um inquérito será aberto pela Polícia Civil para apurar o ocorrido. Conforme o delegado Rivaldo Luz, testemunhas devem ser ouvidas nesta quinta-feira (9) na apuração do caso. (BN)




Governo da Bahia discute ampliação de parceria com o Banco Mundial


Ainda em Washington, nos Estados Unidos, nesta quarta-feira (8), o governador Rui Costa se reuniu com representantes do Banco Mundial, responsável pelo financiamento de diversos projetos na Bahia.

O Governo do Estado tem interesse na parceria com o banco em um novo programa, com foco na atenção hospitalar, incluindo investimentos na área de tecnologia. Além de qualificar os serviços e a gestão de centros estaduais de referência, o programa terá como objetivos a ampliação da conectividade de todos os hospitais municipais, estaduais e filantrópicos e a implantação do prontuário eletrônico nas unidades de saúde sob gestão do Estado.

De acordo com o governador, há ainda interesse na parceria para financiamento na área de abastecimento de água e na educação, que envolve, dentre outras ações, o aumento do número de escolas que funcionam em tempo integral, o que demanda algumas mudanças na estrutura física das instituições. “Também apresentamos projetos de redefinição e equalização de dívidas do Estado, para liberar a capacidade de investimento na Bahia. Vamos formalizar as propostas em uma carta e esperamos, em breve, poder contratar programação financeira para aumentar os investimentos e atender, portanto, a necessidade do povo”, explicou Rui Costa.

Dentre as propostas de financiamento para a saúde, o secretário estadual, Fábio Vilas-Boas, destacou investimentos na reestruturação da rede de atenção hospitalar e no fortalecimento de centros regionais, para que seja possível manter e atender pacientes nas cidades do interior sem a necessidade de transferência para a capital. “ Definimos uma linha de investimento para que o Governo possa continuar oferecendo um serviço de qualidade, o que significa investir na capacitação de profissionais, na formatação, implantação e implementação de protocolos assistenciais, tanto na atenção básica, quanto na atenção de média complexidade e na atenção hospitalar”, afirmou Fábio, que também participou do encontro.

Os secretários da Casa Civil, Bruno Dauster, da Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro; e o superintendente de Atração de Investimentos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Paulo Guimarães, também acompanharam o governador na reunião.

Texto e fotos: Carlos Prates/GOVBA




Secretaria da Educação do Estado promove encontro em Feira de Santana com secretários municipais do Portal do Sertão


A Secretaria da Educação do Estado promoveu, nesta quarta-feira (8), um encontro com secretários municipais de Educação do Território de Identidade Portal do Sertão. A atividade, realizada no Núcleo Territorial de Educação de Feira de Santana (NTE 19), contou com a participação do secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, que, durante a passagem por Feira de Santana, também visitou a Escola Estadual Irmã Rosa Aparecida para dialogar com a comunidade escolar.

Durante o encontro com os secretários municipais, Jerônimo Rodrigues falou sobre os esforços empreendidos pelo Estado para melhorar o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes e destacou a importância do fortalecimento do regime de colaboração com os municípios. “O objetivo é que estejamos comprometidos com a Educação da Bahia e, por isso, precisamos compartilhar essa responsabilidade com os municípios de forma conjunta. Acreditamos que esse diálogo é fundamental para criarmos um planejamento aliado para a melhoria do ensino, debatendo ações que promovam avaliação do ensino, gestão escolar, formação de professores e a criação de um sistema de informação. Queremos realizar esse formato nos territórios para fortalecer o ensino nas regiões “, explicou.

Segundo Ivanberg Lima, diretor do NTE 19, a atividade aproxima as gestões educacionais. “Acreditamos em uma educação pública de qualidade e para isso precisamos estreitar esses laços com as redes municipais. Já disponibilizamos diversas informações e dados sobre a Educação da Bahia para subsidiar os secretários e o objetivo também é dialogarmos para um planejamento de acordo com as demandas e práticas exitosas apresentadas por eles” definiu. A secretaria de Educação de Coração de Maria, Islomane Viana, também falou sobre os desdobramentos do encontro. “Com certeza queremos esta integração que vai favorecer muito a rede de ensino do Estado. Por isso, a postura e discurso do secretário Jerônimo trazem muita esperança para as redes municipais”, enfatizou.

Projeto Pedagógico – Na Escola Estadual Irmã Rosa Aparecida, o secretário Jerônimo Rodrigues conheceu as instalações, conversou com a comunidade escolar e assistiu a apresentações de dança, capoeira e canto coral protagonizadas por estudantes. Na unidade, ele anunciou a implantação de cursos técnicos e destacou o projeto político pedagógico que é desenvolvido. “Não tenho palavras para expressar minha felicidade em conhecer o trabalho da Escola Irmã Rosa Aparecida. A unidade, que atende uma comunidade carente, consegue aliar o ensino pedagógico com projetos culturais, mantendo os alunos em um ambiente rico de conhecimento. Queremos que esta prática seja um exemplo e queremos dar mais suporte com a implantação de cursos técnicos a partir de uma demanda dos alunos e da localidade”, afirmou.

Para o estudante Ítalo Medrado, 13, do 8º ano, da Escola Estadual Irmã Rosa Aparecida, a visita do secretário criou uma grande expectativa. “Achei muito legal esta visita porque a escola é importante para todos nós e queremos que seja cada vez mais fortalecida. Meu sonho é poder continuar na escola no Ensino Médio, mesmo ainda não ofertando, mas a chegada dos cursos técnicos é uma oportunidade de continuarmos o aprendizado aqui na escola”, disse

Também participaram das atividades promovidas durante todo o dia em Feira de Santana, o superintendente de Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Ezequiel Westphal, e o coordenador de Articulação dos Núcleos Territoriais de Educação, Hélder Amorim.

(Fotos: Claudionor Jr  – ASCOM)

Bahia tem pelo menos 192 municípios com lixões ativos


                                                                                              Foto: Reprodução / Capim Grosso.com.br

Nesta semana, o filme “Ilha das Flores” foi escolhido o melhor curta-metragem brasileiro de todos os tempos. Exibido pela primeira vez em 1989, o vídeo expõe a dura realidade de pessoas que catam alimentos em uma área de descarte de lixo nos arredores de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Trinta anos depois os lixões ainda persistem. Uma lei federal previa a extinção deles em 2014, mas os municípios querem prazo maior. Alegam não ter recursos para construir e manter os aterros previstos, previstos na Política Nacional de Resíduos Sólidos [PNRS], de 2007.

Na Bahia, dos 282 municípios com informações declaradas em 2017 na Secretaria Estadual de Meio Ambiente [Sema], 192 admitiram ainda manter lixões. A lista não conta apenas com municípios ditos “pobres”, como Adustina, Cansanção e Parapiranga. Tem também lugares considerados “ricos” por conta do agronegócio, a exemplo de Formosa do Rio Preto, São Desidério e Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano.

Com situação menos pior, 47 municípios afirmam ter aterros controlados. Esse tipo recebe uma cobertura de argila e grama em cima do lixo, o que diminui o impacto visual e o mau cheiro. Evita também insetos e animais. Estão na condição cidades como Amargosa, Andaraí, Botuporã, Candeias, Monte Santo e Porto Seguro.

Outros 41 municípios declaram ter aterros sanitários, a forma mais adequada de descarte de lixo. Causa o menor impacto socioambiental e prevê a preparação do terreno até a revitalização do espaço quando não for mais viável usá-lo para o mesmo fim. São os casos de Vitória da Conquista, Alagoinhas, Camaçari, Conceição da Feira, Ilhéus, Itaju do Colônia, entre outros.

Ainda segundo informações da Sema, dos 417 municípios baianos, apenas 55 [13,2%] declaram ter um Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos [Pegirs]. A condição é determinante para as prefeituras receberam verbas para aplicarem na limpeza pública e no descarte do lixo.