Possibilidade de paralisação de caminhoneiros está descartada, diz Abrava

Foto: Divulgação A possibilidade de paralisação mobilizada pelos caminhoneiros autônomos está descartada neste momento, diz o presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim. “Não temos como apoiar nenhum movimento de paralisação neste momento. Não vamos ser irresponsáveis de usar uma pandemia como moeda de troca para nos beneficiarmos das nossas … Leia Mais



Petrobras posterga parte de salários e reduz produção de petróleo

Estima-se que a depreciação do patamar do petróleo no cenário global pode atrasar o planejamento de desestatização da empresa, além de praticamente inviabilizar a exploração do pré-sal Pilar Olivares/Reuters Nem o mais pessimista dos acionistas poderia prever tamanha depreciação no valor do barril de petróleo em tão pouco tempo. O barril da commodity, que chegou a estar cotado … Leia Mais


SBT completa 1 ano na vice-liderança no País e 3 anos em São Paulo

Foto: Repprodução Com os resultados de audiência registrados em março, o SBT consolida o segundo lugar nas principais praças do País. No mês passado, a emissora de Silvio Santos conquistou, na média das 24 horas, no PNT (Painel Nacional da Televisão), que representa os 15 mercados brasileiros aferidos pela Kantar Ibope Media, 4,9 pontos de … Leia Mais


Alimentos não higienizados podem ser transmissores do coronavírus, alerta nutricionista


Foto: Bruno Concha/Secom PMS

Redobrar os cuidados com a higienização das frutas, verduras e embalagens de alimentos industrializados é fundamental nesse momento de pandemia da Covid-19, doença causada pelo coronavírus.

Por si só, os alimentos não são fonte de transmissão, mas podem vir a ser se manuseados por alguém contaminado e, se não forem limpos da forma correta, com bastante água corrente e sabão, podem disseminar a doença. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de levar para casa, colocar à mesa e ingerir. O alerta é da nutricionista da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) Ana Kelly Amaral.

A orientação da nutricionista é que as frutas e verduras sejam ensaboadas com bucha e sabão e enxaguadas com bastante água corrente. As embalagens do feijão, arroz, farinha e macarrão devem ser desprezadas e os alimentos acondicionados em vasilhas de mantimentos. Para as folhas das saladas, a recomendação da especialista é colocá-las de molho em água abundante com algumas gotas de água sanitária.

“É importante lembrar que, se o alimento trouxer um resquício de saliva de alguém contaminado, a pessoa pode, sim, pegar a doença caso toque ou ingira sem fazer a higienização correta”, explica. Um outro cuidado apontado pela nutricionista é com relação às sacolas plásticas e caixas de papelão que acondicionam as compras. “O ideal é que sejam desprezadas já na porta da rua, antes de entrar em casa”, afirma.

Crianças
Com a pandemia do coronavírus, a dieta equilibrada se torna um dos fatores principais para que o organismo mantenha-se forte e resistente ao vírus, principalmente quando se trata das crianças, destaca. A nutricionista lembra que a ingestão de alimentos saudáveis e bem higienizados é uma preocupação a mais para os pais e mães durante o período de quarentena.

Nesse momento de isolamento social, a tendência é que a garotada fique mais ansiosa e acabe comendo mais bobagens que são bem menos saudáveis. Por isso, a nutricionista destaca que a alimentação das crianças também precisa ser motivo de atenção. “A dieta precisa ser rica em vegetais e frutas que são fontes de vitaminas e minerais, logo fortalecem a imunidade. Recomendo o mínimo de industrializado possível”, frisa.

Ana Kelly indica o consumo dos carboidratos bons, a exemplo de raízes como aipim, inhame e batata doce. “Se for dar pão, evitar os de farinha branca e oferecer os integrais e feitos com aveia”, assinala. Uma outra dica da nutricionista para fortalecer o sistema de defesa da meninada é o consumo de castanhas, nozes e azeite doce, alimentos que são fonte de gordura saudável e ricos em antioxidantes.

Na lista dos alimentos proibidos estão os doces industrializados, salgadinhos ricos em sódio e os iogurtes cheios de açúcar e corantes. “É importante que as famílias saibam o que deixar na dispensa e também impor horários de refeições para as crianças. Quanto menos guloseimas e produtos industrializados, mais fácil fica de ter uma alimentação saudável”, finaliza a nutricionista. (Bahia.Ba)


Após denúncias, PM interrompe evento chamado de ‘Corona Fest’, em Brumado


                                         Foto: Lay Amorim / Achei Sudoeste

Um evento denominado “Corona Fest” foi interrompido em Brumado, no Sertão Produtivo, sudoeste baiano, na tarde deste domingo (29). Devido ao fato, cerca de 30 pessoas foram parar na delegacia. A festa ocorria em um espaço no barro Malhada Branca. Ao receber denúncias, policiais militares da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar se dirigiram ao local onde se depararam com a aglomeração de pessoas.

Segundo o comandante Major Mário Cabral, os policiais militares têm intensificado as rondas ostensivas para garantir o cumprimento do decreto municipal que estabeleceu isolamento social no município, devido ao risco de disseminação do novo coronavírus. (BN)


Bolsonaro cogita decreto que permita volta ao trabalho a todas as profissões


                                                                                               Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo, 29, que cogita assinar um decreto para permitir que todas as profissões possam voltar a trabalhar. O presidente tem sido crítico a medidas restritivas impostas por governadores em alguns Estados em razão da pandemia do novo coronavírus. Segundo ele, a paralisação de comércio e da circulação de pessoas causará um grande impacto na economia, o que pode levar a uma onda de desemprego e falta de sustento para trabalhadores informais.

“Eu estou com vontade, não sei se vou fazer, mas estou com vontade de baixar um decreto amanhã: toda e qualquer profissão legalmente existente, ou aquela voltada para a informalidade, mas que for necessária para o sustento dos seus filhos, para levar o leite para os seus filhos, levar arroz e feijão para a sua casa vai poder trabalhar”, afirmou ao chegar no Palácio da Alvorada neste domingo, depois de fazer uma visita a vários locais da capital federal, como padarias, postos de combustível, mercados e farmácias. A entrevista do presidente foi transmitida nas redes sociais.

Bolsonaro disse ainda que irá recorrer da decisão judicial que derrubou decreto que permitia funcionamento de lotéricas no Brasil. Segundo ele, o serviço é, muitas vezes, a única agência bancária da cidade. “(A pessoa) vai ter que mudar de cidade para pagar o boleto, para receber seu dinheiro do Bolsa Família. Derrubaram e vou ter que recorrer. Vamos começar agora uma guerra de liminares”, afirmou. (Isto É)


Como higienizar as compras do mercado? Em meio à pandemia


Foto: shutterstock / embalagens, frutas, legumes e verduras após as compras é fundamental para evitar a contaminação do vírus

Com o avanço dos casos de coronavírus no país, é fato que a rotina dos brasileiros foi alterada. Entre as mudanças de hábito, estão as idas ao mercado – que já não são mais as mesmas. Além de fazer compras em uma frequência menor, é preciso redobrar a atenção em relação à higienização.

Ao chegar das compras, é preciso lavar bem as mãos, tirar as roupas e sapato e, tão importante quanto, higienizar tudo o que foi comprado. Como o vírus se mantem ativo em superfícies, é preciso garantir a limpeza das frutas, legumes, verduras e produtos industrializados.

Ao iG Receitas , a nutróloga Ana Luisa Vilela explica como higienizar as compras  para evitar a contaminação.

Higienização das compras

Assim que chegar do mercado é importante desinfetar todas as embalagens de produtos comprados, independente de serem ou não alimentos. Para isso, Ana Luisa fala que basta limpar todas as superfícies com álcool 70% ou água e sabão. Se for o caso, também pode descartar as embalagens em lixos lacrados.

Descontaminação de frutas, legumes e vegetais

Frutas, legumes e vegetais merecem uma atenção especial na hora da higienização. A orientação da profissional é levar em água morna com uma escovinha ajudando a retirar a sujeira visível a olho nu.

Em seguida, mergulhe os alimentos com a casca em uma bacia com 1 litro de água e 1 colher de bicarbonato de sólio ou de água sanitária. Deixe de molho durante 15 minutos. Para finalizar, lave em água corrente.

É importante reforçar que isso deve ser feito em todos os alimentos, mesmo que você vá descartar as cascas na hora do preparo. “É preciso higienizar e depois de tirar a casca, lavar em água corrente”, explica Ana Luisa.

iG


Weber considera prematuro debate sobre adiamento de eleições, apesar da pandemia


Foto: Carlos Moura/STF

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, reafirmou neste domingo que o calendário eleitoral do pleito de 2020 está sendo cumprido. Em nota divulgada pelo TSE, a ministra avalia que, apesar do preocupante cenário criado pela pandemia do novo coronavírus, ainda é prematuro o debate sobre o adiamento das eleições municipais no atual momento. Mas, pontua que a velocidade da evolução do quadro da pandemia exige permanente reavaliação das providências.

“No âmbito do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), neste momento ainda há plenas condições materiais de cumprimento do calendário eleitoral, apesar da crise sem precedentes no sistema de saúde do país causada pela pandemia do novo coronavírus”, diz a ministra na nota.

Segundo ela, o Tribunal segue orientando suas ações no sentido do estrito cumprimento das etapas do calendário eleitoral. A ministra destaca que o TSE já adotou medidas para adequar rotinas à nova realidade e seguir as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e das autoridades médicas e sanitárias. Entre elas, a restrição da circulação de público no Tribunal, suspensão de eventos, adoção do trabalho remoto, incremento das votações pelo plenário virtual, suspensão de prazos processuais e realização de sessões por videoconferência a partir da próxima semana.

“Os graves impactos da pandemia na saúde pública têm acarretado múltiplas dificuldades em todas as áreas. Não é diferente no âmbito da Justiça Eleitoral. No entanto, conforme já referi em nota divulgada na última segunda-feira (23), neste momento é prematuro tratar de adiamento das Eleições Municipais 2020. Essa avaliação é compartilhada pelo vice-presidente, ministro Luís Roberto Barroso, que estará na Presidência do TSE durante o próximo pleito.”

Ela afirma que a evolução diária do cenário nacional, ante a pandemia, vem sendo acompanhada atentamente, “para eventuais reavaliações, mantidas as atividades essenciais à realização das Eleições 2020”.

Rosa Weber esclarece que estão sendo estudados ajustes nos formatos de realização de testes de equipamentos e sistemas eletrônicos. Até o momento, segundo a ministra, três testes foram cancelados: o Simulado Nacional de Hardware, que envolve todos os Tribunais Regionais Eleitorais e precisou ser suspenso na metade da execução planejada em virtude das políticas de isolamento impostas; o Teste do Sistema de Prestação de Contas; e o Teste de Desempenho da Totalização. Esses testes, segundo a ministra, são qualitativos e não impeditivos.

Estadão