Ivermectina está entre drogas mais testadas contra Covid-19

Foto : Divulgação O vermífugo ivermectina está entre as cinco combinações de fármacos mais testados no mundo em pacientes infectados por Covid-19. No entanto, tem sido ignorado por países que lideram as buscas de drogas na pandemia, como Alemanha e China. Há, hoje, 32 registros de testes com a ivermectina em humanos para a doença … Leia Mais


Segunda via de título de eleitor e outros serviços da Justiça Eleitoral podem ser feitos online durante pandemia

Seis serviços relacionados à Justiça Eleitoral, como a segunda via do título de eleitor, estão sendo feitos online para evitar aglomerações durante a pandemia do novo coronavírus. Eles estarão disponíveis no SAC Digital a partir desta terça-feira (14/07), em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Os novos serviços disponíveis no SAC Digital são: Certidão de … Leia Mais





Bolsonaro sanciona lei que suspende pagamento do Fies até dezembro


Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, conforme publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (10), o projeto que suspende o pagamento de parcelas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até 31 de dezembro, devido à pandemia do coronavírus, que culminou em crise econômica e suspensão das aulas. O presidente o vetou o trecho que tirava do Comitê Gestor do Fies a competência de definir os cursos aptos ao financiamento complementar do Novo Fies.

Conforme o projeto, ficam suspensos a obrigação de pagamento das parcelas regulares do saldo devedor; a obrigação de pagamento dos juros incidentes sobre o financiamento; o pagamento de parcelas de renegociação de contratos;
Com informações do G1


CBF afirma que Brasileiro começa no dia 9 de agosto


Horas após o governador de São Paulo, João Doria, afirmar, nesta segunda (6), que os clubes de futebol de seu estado não poderão iniciar a participação no Campeonato Brasileiro antes do término do Campeonato Paulista, a Confederação Brasileira de Futebol divulgou nota na qual diz que o começo do Brasileirão será em 9 de agosto.

“A respeito da declaração do governador de São Paulo, João Doria, em coletiva nesta segunda-feira, 6, sobre o Campeonato Brasileiro, a CBF afirma que: 1 – Os clubes de São Paulo aprovaram, em reunião no dia 25 de junho, com a presença dos 40 clubes das Séries A e B, as datas de 9 de agosto para o início da Série A do Campeonato Brasileiro e 8 de agosto para início da Série B. 2 – Para preservar estas datas, os clubes concordaram em jogar fora de seus domínios, transferindo o seu mando de campo para outra cidade ou estado caso o seu local de jogo não esteja liberado nas datas de início das competições. Essa decisão foi tomada em votação que contou com o apoio de 19 clubes da Série A, incluindo todos os de São Paulo. 3 – Os clubes de São Paulo disputantes do Campeonato Brasileiro da Série A reafirmaram sua posição em contato com a CBF, nesta segunda-feira, 6. A CBF e a Federação Paulista de Futebol [FPF] estão em permanente sintonia em relação aos temas de interesse do futebol brasileiro”, diz a nota.

Doria expressou sua posição um dia após a publicação de entrevista do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, ao jornal O Globo, na qual ele confirma a abertura das Séries A, B e C do torneio nacional para os dias 8 e 9 de agosto.

“Temos três rodadas para concluir o campeonato [na verdade, duas para finalizar a primeira fase, tendo ainda o mata-mata pela frente]. Sem concluir [o Estadual], os times de São Paulo não podem participar do Brasileiro. Estamos levando isso em conta, os aspectos de saúde e o protocolo assinado com a Federação Paulista de Futebol [FPF]. E esta, por sua vez, com as equipes da primeira divisão [Série A1]”, afirmou Doria, em entrevista coletiva. “Sobre a decisão da CBF de voltar no dia 9, não houve consulta prévia ao governo do estado de São Paulo”, completou.

Ainda não há uma data oficial para reinício do Paulistão, suspenso após a 10ª rodada da primeira fase. Na última sexta (3), o secretário de esportes do estado de São Paulo, Aildo Ferreira, disse que a realização de eventos esportivos poderá ser autorizada a partir de 27 de julho nas regiões que passarem, ao menos, quatro semanas na terceira de cinco fases do plano de reabertura das atividades no estado. Ou seja, onde a pandemia do novo coronavírus (covid-19) estaria mais controlada.

Fonte: Agência Brasil


Guedes diz a interlocutor que ‘salva a República de duas a três vezes por semana’


O ministro da Economia, Paulo Guedes, diz acreditar na tese de que a recuperação da economia brasileira será em V. Ou seja, vai cair no fundo do poço e depois com a mesma velocidade vai subir. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Segundo a publicação, ele vem repetindo  a tese diante das câmeras de TV, seja em conversas reservadas com empresários ou jornalistas.

Ainda de acordo com a coluna, Gudes discorda, por exemplo, da avaliação do diretor de Política Monetária do Banco Central, Fabio Kanczuk, para quem a recuperação se dará não em ‘V’, mas no formato do swoosh, o símbolo da Nike.

Guedes, no entanto, segue confiante. No domingo (5), teria dito a um interlocutor: “Eu salvo a República de duas a três vezes por semana”.

*Bahia.Ba


Presidente Jair Bolsonaro é confirmado com coronavírus, diz rádio


Foto : Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro foi confirmado com coronavírus. A informação é do jornalista Claudio Humberto ao programa Repórter Bandeirantes, da Rádio BandNews. Segundo ele, o presidente da República apresenta sintoma, conforme também revelou o canal CNN Brasil.

Mais cedo na chegada no Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse que não poderia se aproximar dos apoiadores por conta dos sintomas. Amanhã será apresentada a contraprova do teste de covid-19 de Jair Bolsonaro. (Metro1)


Mulher que atacou fiscal da Vigilância Sanitária é demitida


Foto: Divulgação

A mulher que apareceu em uma reportagem do Fantástico do último domingo (5), ofendendo um fiscal da Prefeitura do Rio durante uma inspeção na região da Barra da Tijuca, na Zona Oeste, foi demitida da empresa onde trabalhava na manhã desta segunda-feira (6) por causa do episódio.

Neste fim de semana, Flávio Graça, superintendente de Inovação, Pesquisa e Educação em Vigilância Sanitária, Fiscalização e Controle de Zoonoses da Prefeitura do Rio de Janeiro, foi ofendido por um casal durante uma fiscalização. “Cidadão não, engenheiro civil, formado, melhor do que você”, disse uma das frequentadoras de um restaurante.

De acordo com a nota divulgada pela Taesa, empresa privada do setor de energia, onde ela trabalhava, o comportamento da funcionária não condiz com as normas da empresa.

“A TAESA tomou conhecimento do envolvimento de uma de suas empregadas em um caso de desrespeito às leis que visam reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus e compartilha a indignação da sociedade em relação a este lamentável episódio, sobretudo em um momento no qual o número de casos da doença segue em alta no Brasil e no mundo”, afirmou o comunicado.

Confira a nota completa:

NOTA DE POSICIONAMENTO OFICIAL

A TAESA é uma companhia comprometida com a segurança e a saúde não apenas de seus empregados, mas também com o bem-estar de toda a sociedade. Desde o início da pandemia da Covid-19, a Taesa implementou inúmeras iniciativas para proteger a saúde de seus profissionais e seus familiares, como o home-office para 100% do seu quadro administrativo, e a adoção de diversas outras medidas de proteção para as equipes que operam em campo.

A companhia não compactua com qualquer comportamento que coloque em risco a saúde de outras pessoas ou com atitudes que desrespeitem o trabalho e a dignidade de profissionais que atuam na prevenção e no controle da pandemia.

A TAESA tomou conhecimento do envolvimento de uma de suas empregadas em um caso de desrespeito às leis que visam reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus e compartilha a indignação da sociedade em relação a este lamentável episódio, sobretudo em um momento no qual o número de casos da doença segue em alta no Brasil e no mundo.

A TAESA ressalta que segue respeitando o isolamento e as mais rigorosas regras de prevenção ao coronavírus e que a empregada em questão desrespeitou a política vigente na empresa. Diante dos fatos expostos, a TAESA decidiu por sua imediata demissão. (G1)