Vasco toma quatro, mas passa, nos pênaltis, para a fase de grupos


Vasco toma quatro, mas passa, nos pênaltis, para a fase de grupos

Demonstrando muita dificuldade para jogar na altitude de 2.810 metros de Sucre (BOL), o Vasco foi completamente envolvido pelo Jorge Wilstermann (BOL), nesta quarta-feira (21), perdeu por 4 a 0 no tempo normal, e só obteve a classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores após vencer a disputa de pênaltis por 3 a 2, com grande atuação do goleiro Martín Silva, que pegou três cobranças. O Vasco tinha viajado para a Bolívia com uma larga vantagem no confronto. Na partida de ida, em São Januário, há uma semana, a equipe dirigida por Zé Ricardo havia vencido por 4 a 0. Por isso, conseguiria a classificação até com uma derrota por três gols de diferença. Com a vaga na fase de grupos assegurada, o Vasco entrará na “chave da morte”, que também tem Cruzeiro, Racing (ARG) e Universidad de Chile (CHI).


Rede Globo pode demitir Casagrande para contratar Neymar, diz coluna


Rede Globo pode demitir Casagrande para contratar Neymar, diz coluna

                                                                                                                                    Foto: TVOfoco

A Rede Globo pode demitir o comentarista Walter Casagrande para contratar novamente o jogador Neymar, que entre 2014 e 2015 foi exclusivo da emissora para entrevistas. Conforme a colunista Keila Jimenez, do R7, a empresa agora terá que escolher entre Casagrande e Neymar neste ano de Copa do Mundo na Rússia. Neymar vinha estudando uma reaproximação com a emissora, mas desistiu após as críticas do comentarista e de Galvão Bueno. Ainda segundo a coluna, o craque só atenderá o canal caso Walter deixe o time da Copa do Mundo. Entre os adjetivos que Neymar foi chamado, estão “egoísta” e “mimado”, além de que ele afirmou que “estão criando um monstro”, referindo-se ao jogador. (BNews)


Bahia ameaça sair do estadual se atletas do Vitória não forem punidos


Bahia ameaça sair do estadual se atletas do Vitória não forem punidos

O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, afirmou que o clube estuda a hipótese de se retirar do Campeonato Baiano caso os jogadores do Vitória não forem punidos em função da briga realizada no clássico do último domingo (18), no Barradão. Anteriormente, o dirigente havia classificado a decisão do adversário de se retirar da partida como “medrosa”. “Se estivéssemos na Copa do Mundo será que o goleiro do Vitória sairia do gol para tirar satisfações sobre uma comemoração de um gol? Quais punições seriam tomadas? Então, se isso não é permissível lá, por que temos que aceitar no futebol baiano? Portanto, se os organizadores do campeonato não aplicarem uma punição severa aos envolvidos, o Bahia não participará mais do Campeonato Baiano”, disse o presidente tricolor, em entrevista à Rádio Sociedade, nesta segunda-feira (19). (Metro1)


Jogo de futebol termina com jogador preso após agredir gandula


Jogo de futebol termina com jogador preso após agredir gandula

O final do clássico jogo de futebol do Mato Grosso do Sul entre os times Operário e Comercial, terminou em confusão, com um jogador preso e um gandula hospitalizado. A confusão surgiu após o gol da vitória do Comercial, marcado por Jô, aos 45 minutos do segundo tempo, em cima do Operário, no estádio Morenão, em Campo Grande. O gol desestruturou emocionalmente o Operário e o jogador Jeferson Reis (ex-Audax), do Operário, ao final da partida, agrediu covardemente O gandula Tadeu Pitter. A agressão foi tão forte que o gandula teve que ser levado de ambulância ao hospital e Jeferson Reis acabou sendo levado detido pela Polícia Militar em razão da agressão. (Bocão News)


Vinícius registra boletim de ocorrência após agressão no Ba-Vi


Vinícius registra boletim de ocorrência após agressão no Ba-Vi

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O meia Vinícius, do Bahia, registrou boletim de ocorrência, na noite deste domingo (18), após ser agredido por jogadores do Vitória. “Vou dar queixa. Estou bem, só com dor de cabeça. Não vou falar nada agora”, disse Vinícius, na saída do vestiário do Barradão, segundo o jornal Correio. O jogador foi agredido com dois socos pelo zagueiro Kanu, um de Yago e outro de Denilson, do Vitória. (bahia.ba)