Tribunal Regional Eleitoral da Bahia absolve prefeito de Canavieiras

Foto: Reprodução / Blog Paulo José Condenado por abuso de poder econômico em virtude de suposta distribuição de combustíveis e arrecadação ilícita de recursos financeiros, o prefeito de Canavieiras, Dr. Almeida (PPS), foi absolvido na tarde desta quarta-feira (25). O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) julgou o recurso apresentado pelo gestor que havia sido cassado pelo … Leia Mais



Lua de Sangue de 2018 reacende debate sobre sinais do fim do mundo

Entre sexta (27) e sábado (28) de julho, ocorrerá o maior eclipse lunar total do século. Ele terá durabilidade de 103 minutos e visível, total ou parcialmente na Austrália, na Ásia, na África, na Europa e América do Sul (incluindo o Brasil), mas não em todas as fases. Porém, na região que compreende o Oriente Médio … Leia Mais


Casos de sarampo e poliomielite aumentaram em todo o mundo, aponta OMS

O aumento dos casos de sarampo e poliomielite não tem preocupado apenas autoridades do Brasil, mas de todo o mundo. De acordo com as estimativas de imunização mais recentes divulgadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), após uma queda em 2016, os casos aumentaram em … Leia Mais




Com greve de caminhoneiros, grandes supermercados limitam vendas de produtos a clientes na BA


Com greve de caminhoneiros, grandes supermercados limitam vendas de produtos a clientes na BA

Foto ilustrativa:Lucas Landau/Folhapress

om a paralisação dos caminhoneiros, que chegou ao 5º dia nesta sexta-feira (25), e a consequente redução dos estoques, grandes supermercados informaram que estão limitando a venda de produtos a clientes em Salvador. A rede Walmart informou que suas lojas estão abastecidas em função dos estoques, mas que podem apresentar falta de alguns itens. Confirma que o setor de hortifruti já passa por dificuldades no abastecimento. Disse que, na expectativa de que a situação seja normalizada o mais rápido possível, para minimizar impactos e garantir o atendimento a todos os clientes, está limitando a compra de cinco unidades de cada produto por pessoa. A rede GBarbosa destacou que também está limitando a compra de produtos em 10 unidades por cliente para alguns itens com riscos de desabastecimento. A medida é válida para todas as lojas de Salvador, mas os tipos de itens variam de acordo com o estoque de cada loja. A mesma situação acontece nas 10 unidades do Atakarejo na capital e Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, onde a compra também está limitada por cinco unidades de cada produto por pessoa. A previsão da empresa é que, caso a greve não seja encerrada logo, futas e verduras devem acabar nas unidades até o domingo (27). O Mercantil Rodrigues informou que continua realizando as vendas sem limite máximo de itens por compra até o momento, mas que está acompanhando a situação junto aos fornecedores, e esperam que o abastecimento seja rapidamente normalizado para que a população não seja prejudicada pela falta de itens de consumo diário. O presidente do Sindicato dos Supermercados e Atacados de Auto Serviço do Estado da Bahia (Sindsuper), Teobaldo Costa, afirma que a limitação da venda de produtos por clientes é uma medida que está sendo adotada por grandes redes de todo o país.  “A situação é muito crítica. Nesses últimos dias, já observamos uma corrida aos supermercados de pessoas que estão com medo de desabastecimento e, se essa greve continuar, primeiro acaba as commodities que não têm alto estoque, como produtos perecíveis, como frutas e verduras, e depois arroz, feijão, farinha”, destaca. Costa também não descarta a possibilidade de supermercados fecharem as portas por falta de funcionários. “A situação é crítica ate para os funcionários, que têm carro ou dependem de ônibus, que podem ficar sem combustível nos veículos para se locomover até o trabalho. Estamos acompanhando a situação e esperamos que seja logo resolvida”. (G1 Bahia)


Presidente do TCE de Alagoas visita TCM


A presidente do Tribunal de Contas de Alagoas, conselheira Rosa Maria Ribeiro de Albuquerque, visitou na manhã desta segunda-feira (14/05) o Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia para conhecer a plataforma tecnológica utilizada no processo de informatização das prestações de contas dos municípios baianos. A conselheira quer informatizar os processos de análise de contas do estado de Alagoas e dos 102 municípios de seu estado, e fez questão de conhecer a experiência do TCM baiano em razão de sua qualidade técnica, do sucesso da implantação em espaço de tempo relativamente curto, e dos benefícios para os jurisdicionados e para o próprio tribunal.

A conselheira Rosa de Albuquerque foi recebida pelo presidente do TCM, conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto, e pelo presidente do TCE da Bahia, conselheiro Gildásio Penedo, que relataram os ganhos que foram obtidos pelos tribunais de contas baianos com o investimento para a incorporação de novas tecnologias. “Além de agilizar a análise das contas, estas novas ferramentas tecnológicas garantem maior segurança e permitem que os cidadãos tenham, de fato, instrumentos para exercerem o necessário e louvável controle social, já que, com um simples computador ligado à internet, podem acompanhar o exame das contas, chamando a atenção para quaisquer irrazoabilidades, ou mesmo formulando denúncias, para que as cortes de contas apurem eventuais desvios ou irregularidades”, destacou o conselheiro Gildásio Penedo.

O presidente do TCM fez um relato à conselheira Rosa Albuquerque sobre o processo de informatização da prestação de contas dos 417 municípios baianos, que envolve cerca de 950 entes jurisdicionados, nos últimos dois anos. E da economia que resultou, tanto para os municípios quanto para o próprio tribunal. “Eram toneladas de documentos em papel que eram gerados e transportados dos municípios para a sede do TCM, em Salvador, e do TCM para os municípios a um custo muito elevado. Além disso, o armazenamento obrigava as prefeituras – e o próprio TCM – a pagar aluguel de imóveis apenas para guardar estes documentos”.

O conselheiro Francisco Andrade Netto destacou, ainda, que a informatização permitiu uma maior transparência no processo de análise de contas, e maior segurança. “Além, é claro, de estimular a fiscalização pelo próprio cidadão, que é o maior interessado na eficiência da administração”. Ressaltou que, apesar das dúvidas iniciais, houve grande entusiasmo dos gestores municipais com a incorporação de novas tecnologias para facilitar a prestação e a análise das contas. “E num espaço de tempo relativamente curto conseguimos treinar milhares de ordenadores de despesas, servidores municipais, em toda a Bahia”.

Antes do encontro com os presidentes do TCE, Gildásio Penedo, e do TCM, Francisco Andrade Netto, a conselheira Rosa Albuquerque e sua assessora, Isadora Tavares, foram informadas sobre a plataforma tecnológica utilizada pelo TCM, pelo diretor de Tecnologia do tribunal, Pedro Vieira, e pelo superintendente de Planejamento e Gestão, Luiz Humberto Castro de Freitas. A presidente do TCE de Alagoas, que pretende visitar e conhecer a experiência de outras cortes de contas sobre o processo de informatização, ficou impressionada com a qualidade e os ganhos que foram obtidos pelo TCM baiano desde o início do processo – há apenas dois anos. E teve a garantia, pelo superintendente Luiz Humberto Freitas, de que terá todo o apoio necessário, caso opte, no processo de modernização do TCE de Alagoas, pelas ferramentas tecnológicas utilizadas pelo TCM baiano.

Assessoria de Comunicação: Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia


Daiane, moradora de São Paulo, procura por parentes em São Felipe, pedimos a colaboração de todos neste caso


Daiane entrou em contato com nossa redação, nesta terça-feira  (01/05), pedindo nossa ajuda na localização de parentes que residem aqui no município de São Felipe. De acordo com as Informações passada por Daiane, essa sua luta já perdura mais de 18 anos, ela tem parentes espalhados por várias partes do mundo, e inclusive São Felipe.

“Essa luta tem sido intensa, estou há um bom tempo tentando localizar meus parentes, mas até o momento sem êxito. Espero em Deus que com o apoio de vocês as coisas comecem a mudar. Vou trazer um pouco de minha história, para vocês entender o que aconteceu e a partir de aí, ter um ponto de partida. Não sei a data exata, mas meu avô Catarino (caboclo), (cujo o sobrenome há alterações em registros) e minha avó Maria (Branca de olhos azuis), foram com seus pais e filhos (4 nascidos na Europa e 3 em São Felipe) para São Felipe e residiram na Fazenda Mutum 1. Os pais de meu avô eram Jorge (português) e Heloísa (Índia). Com o falecimento dos meus avós a família se separou, e hoje só tenho contato com apenas alguns irmãos de minha mãe, (Maria do Carmo, falecida), e os primos. Estou em busca de informações de parentescos, etnia, essa é a história de minha família”, comentou Daiane.

Ela ainda citou que não tem registro de nascimento da mãe, pois quando ela veio para o Brasil precisou tirar outros documentos e só ficou com o RG. “Já enviamos um primo até aí, mas ele não teve êxito, acho que talvez por falta de conhecimento dele, não conseguimos nenhuma informação que levasse aos nossos parentes aí, peço ajudas de todos vocês através desse veículo de comunicação” destacou Daiane.

Ainda de acordo com Daiane seu avô teve 12 irmãos, e algo que marcou muito a história deles foi um fato triste, ela não se recorda a data, mas a irmã de sua mãe com aproximadamente três anos, sofreu um acidente, ela caiu dentro de um tacho de azeite quente, na época esse episódio marcou muito a comunidade, houve uma repercussão grande.

Confira os nomes de parentes citados por Daiane:

Jorge e Heloísa, pais de 12 filhos.

Catarino (pai de Francisco de Paula Xavier (Falecido), Antônio Bispo dos Anos, Felipe dos Anjos (Falecido, ele tinha uma perna amputada), Maria do Carmo Bispo Santos (Falecida, saiu de São Felipe nos anos 62, após o falecimento de Catarino, foi para Europa, retornou e descobriu que tinha passado a fazenda Mútum 1 para outra pessoa perdendo a posse da mesma, retornou pra Europa, voltou, foi morar em São Paulo nos anos 73 casou-se), Vicente Alves das Mercês, Joana Almeida e Antônia.) (Meu avô) Plínio (apelido Maroto) este teve 4 filhos (Neco, Viturino, Benedito Lourdes da Silva e Dionísia), Cerila (filha somente de Jorge com Maria) sei o nome de uma filha de Cerila (Maria Eulália Da Cruz Higino, esta mora em Cosme de Farias, BA.).

Martinha

Martinho

Tio Bispo

Esses são os que lembro

Os Sobrenomes

Bispo Santos

Bispo dos Anjos

De Paula Xavier

Paulo Cerqueira

Alves Mercês.

Minha avó era loira assim como os pais dela.

Segue alguns nomes que também são parentes.

Maria Feliz Mina das Mercês.

Feliciano Bispo Santos

“É uma história longa, mas quero ter informações dos meus antepassados e parentes que podem morar aí. E neste meio tenho parentes na República dos Camarões, França, Portugal e Kribi (Ilha da África) e o nome que mora na França Patrice Famihoua” finalizou ela. Qualquer informação pode entrar em contato com nossa redação OI WhatsApp (75)98822-7691 / Vivo 7599945-2514.

(Patrice Famihoua)

(Primos que estamos a procura da França).

(Maria do Carmo aos 16 anos)

(A idade que aproximadamente saiu de São Felipe, Maria do Carmo nasceu em 06/03/1946 (emancipou se para 1944 para poder viajar para França).)

(Árvore frutífera de maçã (Mutum 1). Maria do Carmo (minha mãe))


AL-BA aprova projeto que obriga Coelba a deixar toda fiação do estado subterrânea


AL-BA aprova projeto que obriga Coelba a deixar toda fiação do estado subterrânea

A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou em sessão na terça-feira (24) um projeto de lei de autoria do presidente da Casa, deputado Angelo Coronel (PSD), que obriga a Coelba a tornar subterrânea toda sua rede elétrica no estado. Apesar de reclamações da empresa, que ameaçou subir a tarifa cobrada dos consumidores, o social-democrata não fez mudanças na proposta e, com isso, o projeto foi votado da forma original. De acordo com o texto, a concessionária terá prazo de cinco anos para concluir o processo em Salvador e de dez no interior do estado. A proposta ainda torna obrigatória a instalação subterrânea para os novos projetos elétricos em toda a Bahia. Para Coronel, a lei trará benefícios para estética e segurança das cidades. “Vamos evitar aquele emaranhado de fios pendurados pela cidade. Nos grandes centros, a tendência é a fiação ser subterrânea. Não podemos ficar arraigados a coisas ultrapassadas. Para modernizar, tem que ter coragem”, afirmou.  (BN)