Novo contrato beneficia setor naval do estado Enseada Paraguaçu

                         Foto: Reprodução Um novo contrato assinado recentemente pelo Estaleiro Enseada, em Maragogipe, com a Unidade de Manutenção e Segurança (UMS) Safe Concórdia até 2020, garante um reaquecimento do setor da indústria naval baiana. Isso é o que indicou a Secretaria de Desenvolvimento Econômico … Leia Mais



Maragojipe: Estaleiro Enseada assina contrato para manutenção de plataforma

O estaleiro Enseada, em Maragojipe, assinou um contrato de manutenção com a empresa PROSAFE e vai receber a plataforma Safe Concordia nos próximos dias. O equipamento ficará no complexo industrial por até seis meses para a realização dos serviços. No mês passado, uma reunião com o presidente do estaleiro, Maurício Almeida, representantes da Federação das … Leia Mais



Comarca de Conceição do Almeida é agregada a de São Felipe

Conceição do Almeida: Justiça determina desativação de 18 comarcas no interior da Bahia, entre elas estão a de Conceição do Almeida, Sapeaçu e Maragogipe veja lista. Duas das unidades só terão atividades suspensas após remoção ou promoção dos juízes titulares. O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) vai desativar 18 comarcas no interior da Bahia. … Leia Mais


São Felipe: Município participa de mais uma reunião de Indicação Geográfica da Farinha Copioba


Aconteceu nesta quarta-feira (17/07), no município de Nazaré, mais uma reunião onde se discutiu os caminhos dá obtenção do selo de indicação geográfica, da Farinha Copioba.

O município de São Felipe, foi representado pelo Secretário de Administração Álvaro Neiva, a Coordenadora de agricultura Jocineia Borges e a Agrônoma Rosane Sant’Ana. Além da presença dos representantes de São Felipe, a atividade contou com lideranças comunitárias de diversos municípios do Recôncavo. Representantes de entidades como: Joselito Mota (pesquisador da Embrapa), Antônio Lobo (Diretor de Projetos do Banco do Nordeste), Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (São Felipe e Nazaré), os Professores e pesquisadores da Universidade Federal da Bahia, Nina Paloma, Ryzia Vieira e Alcides Calda e Valter Barbosa (Associação Copioba).

D acordo com a opinião do Secretário de Administração de São Felipe, Álvaro Neiva, esse diálogo foi crucial para a decisão final da permanência somente do Vale Copioba, (Nazaré, Maragogipe e São Felipe) como produtores de Farinha Copioba.

 “A presença ativa dos representantes da Prefeitura, com falas e diálogo, contribuiu significativamente na conquista obtida para os três municípios, pois, existia um diálogo e envolvimento de demais municípios dentro e fora do Recôncavo, buscando também a obtenção desse título de produtores de farinha Copioba. Assim tal conquista foi baseada na defesa do desejo dos produtores do Vale da Copioba, pois, sabemos da importância desse reconhecimento para eles”, pontuou Álvaro Neiva.




Maragojipe: Vereador Tinho de São Roque, visita a Radio São Felipe FM e fala sobre suas ações em prol do município


O vereador Antônio dos Reis Muniz, “Tinho de São Roque”, PSL/BA, visitou na manhã deste sábado (29/06), a Radio São Felipe FM, na oportunidade ele concedeu uma entrevista ao radialista JC e  falou sobre sua ações, pontou as que razões que fez ele voltar para a base da prefeita Vera Lucia, e destacou sua parceria com o deputado estadual Dr. Alan Sanches, no atendimento a população de Maragojipe no setor de saúde. Acompanhe todos os detalhes no vídeo a seguir.




I Filarmônicas Terpsícore de Maragogipe e 2 de Janeiro de Jacobina darão o tom do Cortejo 2 de Julho em Salvador


A Terpsícore de Maragogipe ostenta diversos títulos campões pelo estado. Já a 2 de Janeiro de Jacobina é mais antiga do que a própria cidade

Está com Hino ao Dois de Julho afinado na ponta da língua? Lembra do momento que marca sua história? Está chegando a hora de ver o orgulho desfilar! A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), por meio da Coordenação de Música (DIRART) selecionou 10 Bandas Filarmônicas e 3 Grupos de Manifestação da Cultura Popular que irão integrar o Cortejo Dois de Julho, no próximo dia 2. Conheçam um pouco das Filarmônicas Terpsícore de Maragogipe e a 2 de Janeiro de Jacobina.

Era uma vez, quando Seu Ormindo Acelino de Sousa, convocou alguns dos memoráveis cidadãos de Maragogipe para fundarem uma banda. Não só por entenderem muito bem da técnica, mas por, Seu Teodoro B. da Silva, Seu Conrado Barbosa, Seu Antônio P. de Brito e Seu Manoel Laranjeiras representarem a índole do lugar. Foi no clima de comemoração ao Santo Antônio, em 13 de junho de 1880, que fundaram a Banda Filarmônica Terpsícore Popular de Maragogipe.

“É muito importante levar nossa filarmônica ao cortejo de Dois de Julho, eu ouço desde criança do desfile das bandas, e é muito gratificante poder fazer parte”, contaJoilson Santana, representante da banda. Em 1957, a Sociedade Filantrópica Recreativa Terpsícore Popular de Maragogipe ganhou um sobrado na Rua Fernando Suerdieck nº 14, e passou a realizar diversas atividades artísticas na cidade.

Com mais de 50 músicos, que se originam da própria escolinha que atualmente conta com mais de 60 alunos, a Terpsícore ostenta os títulos de Tri Campeã do Estado da Bahia e Tetra Campeã do Festival de Filarmônica do Recôncavo Baiano realizado na cidade de São Félix.

Para Joílson levar a banda ao cortejo ao Dois de Julho é uma aula de história. “Maragogipe foi palco das lutas de expulsão dos colonos, então ter a Terpsícore integrando o evento é algo bastante importante, pois ressalta um momento histórico de nossa Bahia”, afirma orgulhoso.

Mais antiga que a própria cidade

Filarmônica 2 de Janeiro de Jacobina tem algo de muito peculiar, pois existe antes mesmo da cidade ser fundada. A cidade de Jacobina tem 138 anos, e a Banda possui 141 de atividades ininterruptas. Participando pelo seu quarto ano do Cortejo Dois de Julho, a Banda tem 43 músicos na banda principal, além de uma escola com 78 alunos numa faixa etária de 13 anos de idade.

“Temos muitos músicos jovens, entre crianças e adolescentes, que estão indo conhecer a capital em seu primeiro desfile”, explica o maestro Celso Santos. “A expectativa é grande, por isso eles treinam bastante, sem contar a emoção de participar de algo que leva o significado de ser baiano”, comenta Celso.


A 2 de janeiro sagrou-se como campeã em 2013 no grupo B em São Félix, no Recôncavo baiano, e na edição de 2015/2016 dividiu o título de campeã no grupo A com a Terpsícore. Com o retorno das duas bandas para este cortejo, Celso revela a emoção do desfile. “É um momento que marca a vida do baiano, não é somente por ser um feriado, mas pelo sentimento que é comum em qualquer lugar deste estado”, enfatiza o maestro. (Bia Imperial – Assessoria de Imprensa)


Filha morre e mãe fica ferida durante atentado no Distrito de Coqueiros, em Maragojipe


Daiane dos Santos Silva, de 19 anos, morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA)

Mãe e filha foram baleadas na noite desta terça-feira (21/maio) durante um atentado ocorrido no distrito de Coqueiros, município de Maragojipe. De acordo com informações, dois homens de moto passaram atirando e após o crime fugiram do local, em direção à cidade de São Félix, por volta das 18h30.

As vítimas chegaram a ser socorridas pelo SAMU, mas Daiane dos Santos Silva, de 19 anos, morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A mãe dela identificada como Jandira Cândida de Jesus dos Santos, 47, foi transferida para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus e não há informações sobre o estado de saúde da paciente.

O crime possui características de acerto de contas, mas o caso está sendo investigado pela Delegacia Territorial. O corpo foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica. (Forte na Noticia)