IF Baiano lança Edital para Cursos Técnicos com 280 vagas para Santa Inês

Este ano, o processo de ingresso terá como método de classificação o Exame de Conhecimentos.De 23 de setembro a 3 de novembro de 2019, estarão abertas inscrições do processo de ingresso de estudantes em cursos técnicos de nível médio do Instituto Federal Baiano (IF Baiano), instituição presente em 15 cidades no estado. No Campus Santa Inês, estão … Leia Mais




📢 ATENÇÃO São Felipe E TODA REGIÃO 📢

Você está desempregado e quer trabalhar? Então você precisa se qualificar! Para conseguir o emprego dos seus sonhos o BRASIL CURSOS convida você para fazer os cursos de: ✅ *ATENDENTE DE FARMÁCIA E DROGARIA (7:00 às 9:00) ✅ATENDENTE DE HOSPITAIS E CLÍNICAS MÉDICAS (9:00 às 11:00) ✅ Atendimento bancário e casas lotéricas(11:00 às 13:00) ✅ … Leia Mais


Embasa autoriza concurso público com mais de 850 vagas

O novo concurso público da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. (Embasa) vai oferecer 854 vagas para diversos cargos. Conforme publicação no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (23) o Conselho de Administração da empresa já autorizou o certame, em reunião ordinária realizada no dia 27 de novembro de 2018. O próximo passo será … Leia Mais


Resultado provisório do concurso para soldado da PM é divulgado no Diário Oficial


O resultado provisório do concurso para soldado da Polícia Militar (PM) da Bahia foi divulgado, neste sábado (20), no Diário Oficial do Estado, no qual foram convocados cerca de 2.500 classificados para o Curso de Formação de Soldados (CFSD) da corporação. O resultado final do certame será divulgado no dia 24 de março e os convocados devem se matricular três dias após a divulgação. Os convocados irão estudar durante nove meses no curso do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), além do estágio operacional. O cronograma das próximas etapas já foi divulgado no Diário Oficial. O resultado final e a apresentação para matrícula estão previstas para 27 de março. (Bocão News)


Inscrição para 1.000 vagas na Polícia Civil começa em 1º de fevereiro


As inscrições para o concurso público que oferece 1.000 vagas na Polícia Civil da Bahia começam às 10h (horário de Brasília) do próximo dia 1º e seguem até 2 de março. Para participar, os candidatos devem acessar o site da Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho – Fundação Vunesp. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet.

Após efetuar a inscrição, o site gera um boleto que deve ser pago na rede bancária. A inscrição apenas será considerada válida depois do pagamento. A taxa custa R$ 160 para os candidatos que vão disputar uma das vagas para delegado e R$ 140 para quem for concorrer aos cargos de investigador de polícia ou de escrivão.

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) publica, nesta sexta-feira (19), no Diário Oficial do Estado (DOE), o Edital Saeb 01/2018 de abertura de inscrições. O anúncio foi realizado pelo governador Rui Costa, nesta quinta (18), nas redes sociais.

Das 1.000 vagas, 880 são para investigador, 82 de delegado e 38 para escrivães. Segundo o governo do estado, o impacto econômico das contratações será de R$ 31,4 milhões, em 2018.

Em junho de 2017, o Estado realizou concurso da Polícia Militar (PMBA) e Corpo de Bombeiros (CBMBA) com 2.750 vagas (duas mil para a PMBA e 750 para o CBMBA). Ainda em 2017, realizou concurso para oficiais, sendo 60 da PM e 30 para o Corpo de Bombeiros.

Requisitos 
Os candidatos que vão concorrer a uma das vagas de delegado precisam ter diploma de conclusão do curso de bacharelado em Direito, registrado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Já para os interessados em disputar os cargos de investigador ou de escrivão de polícia é exigido diploma de conclusão de curso superior (em qualquer área), também registrado no MEC. Os investigadores deve possuir também Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida, categoria B, no mínimo.

A remuneração inicial para os delegados de polícia, com regime de trabalho de 40 horas semanais, atingirá o valor de R$ 11.389,96. Já os investigadores e escrivães de polícia terão remuneração inicial de R$ 3.915,85, em regime de 40 horas semanais.

Das 880 vagas para o cargo de investigador, 572 serão para ampla concorrência, enquanto 264 vão ser para candidatos negros, conforme a Lei Estadual 13.182/2014, que garante 30% do total para a para cota racial. Outras 44 vagas de investigador serão reservadas para pessoas com deficiência, de acordo com a Lei Estadual 12.209/2011.

Para delegados, vão ser 53 vagas para ampla concorrência, 25 para negros e quatro para pessoas com deficiência. Já para escrivães serão 25 para ampla concorrência, 11 para negros e duas para pessoas com deficiência.

Etapas
O certame possuirá sete etapas, sendo seis eliminatórias. Primeiro serão realizadas as provas objetivas (1ª etapa-eliminatória) e as provas discursivas (2ª etapa-eliminatória), depois os exames biomédicos (3ª etapa-eliminatória), o teste de aptidão física (4ª etapa-eliminatória), o exame psicotécnico (5ª etapa-eliminatória), a prova de títulos (6ª etapa-classificatória) e a investigação social e de conduta pessoal (7ª etapa-eliminatória).

 

*Correio


Ascensão de robôs eliminaria mais de 5 milhões de empregos


size_810_16_9_robo

Mais de cinco milhões de empregos serão perdidos até 2020 como resultado dos avanços da genética, da inteligência artificial, da robótica e de outras mudanças tecnológicas, segundo uma pesquisa do Fórum Econômico Mundial.

Cerca de 7 milhões de empregos serão perdidos e 2 milhões serão ganhados como resultado da mudança tecnológica em 15 importantes economias desenvolvidas e emergentes, disseram o fundador do FEM, Klaus Schwab, e o membro do conselho gestor Richard Samans no relatório “O futuro dos empregos”.

Os resultados foram obtidos a partir de uma pesquisa sobre 15 economias, cobrindo cerca de 1,9 bilhão de trabalhadores, ou cerca de 65 por cento da mão de obra total do mundo.

A eliminação dos limites entre as esferas física, digital e biológica equivale a uma Quarta Revolução Industrial, segundo o FEM, que tratará sobre a ideia em seu encontro anual de autoridades políticas, acadêmicos e economistas em Davos, na Suíça. Este já é um tópico atual em parte graças a livros como “A segunda era das máquinas” e “A ascensão dos robôs”. O economista-chefe do Banco da Inglaterra, Andy Haldane, alertou que os milhões de empregos colocados em risco pela automação estão criando problemas que as autoridades precisam resolver.

“Para evitar o pior cenário — mudança tecnológica acompanhada por escassez de talento, desemprego massivo e desigualdade crescente –, a requalificação e o aperfeiçoamento dos trabalhadores de hoje serão críticos”, disseram os autores. “Simplesmente não é possível suportar a revolução tecnológica atual espe