Audiência pública da Ponte Salvador-Itaparica acontece nesta quinta

Nesta quinta-feira (21), às 14h30, a Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (Seinfra) realiza a primeira audiência pública para licitação, por meio de Parceria Público-Privada (PPP), das obras e dos serviços necessários à construção, operação e manutenção, do Sistema Rodoviário Ponte Salvador-Ilha de Itaparica. Conduzida pelo secretário estadual da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, e com … Leia Mais





Papa diz estar ‘profundamente entristecido’ com ataques a mesquitas na Nova Zelândia


Papa diz estar 'profundamente entristecido' com ataques a mesquitas na Nova Zelândia

Foto: Matt Campbell / Lusa

O papa Francisco disse nesta sexta-feira (15) ter ficado “profundamente entristecido” com os ataques duplos às mesquitas na cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, deixando 49 mortos e 48 feridos. Em um telegrama, assinado pelo secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, o pontífice afirmou estar “consciente dos esforços das forças de segurança e da emergência nesta situação difícil”.

Segundo a Agência Brasil, Parolin acrescentou que o papa reza pela cura dos feridos, pelo consolo daqueles que sofrem a perda de seus parentes e amigos e pede a Deus o conforto de todos.

Logo depois dos dois ataques, os bispos católicos da Nova Zelândia enviaram uma mensagem “aos queridos membros da comunidade muçulmana” neozelandesa de Christchurch, manifestando sua solidariedade diante dessa violência.

“Estamos conscientes das boas relações que temos com os muçulmanos nessa terra e estamos abalados pelo fato que tenha acontecido num lugar e num momento de oração. Estamos profundamente tristes pelas pessoas mortas e feridas, e os nossos corações se voltam para eles, suas famílias e a comunidade em geral. Paz, Salaam”, informa a mensagem. (BN)







Ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda morre aos 74 anos


                                                      Foto: Leonardo Magliano

O mais icônico dirigente do Vasco saiu de cena nesta terça-feira. Aos 74 anos, Eurico Miranda morreu em um hospital na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, vítima de câncer no cérebro. Atualmente, ele estava no cargo de presidente do Conselho de Beneméritos do clube. Ele deixa quatro filhos. Nos últimos meses, Eurico não fez aparições públicas. Seu estado de saúde se agravou, inclusive com dificuldade para se alimentar. A família montou uma UTI em casa, com home care, com enfermeiras se revezando para cuidar da saúde do dirigente. Visitas, inclusive das pessoas mais próximas, eram controladas pela família. De ambulância, ele foi levado ao hospital na manhã desta terça. Lá não resistiu e morreu no início da tarde. Em novembro, numa reunião do Conselho Deliberativo, já bastante debilitado, precisou de ajuda para se levantar e puxar o grito de Casaca, uma tradição do Vasco à qual se habituou a liderar. No mesmo evento, Eurico anunciou que diminuiria a frequência de suas visitas ao Vasco e se limitaria a reuniões do Conselho de Beneméritos e do Conselho Deliberativo. Ele havia dispensado seguranças e motoristas. Eurico se encontrava em estado debilitado desde o início de 2018. Mesmo assim, foi figura presente em jogos do Vasco em São Januário – chegou até mesmo a ir aos treinos do elenco no CT do Almirante, em Vargem Pequena. Antes da atual doença, o dirigente conseguiu superar um câncer na bexiga e outro no pulmão. Nos últimos meses, andava de cadeira de rodas. Recentemente, passou a se tratar em casa, com idas frequentes ao médico. Euricio foi presidente do Vasco em dois períodos: de 2003 a 2008, e de 2015 a 2017. Também foi vice-presidente de futebol do clube entre 1990 e 2002, tendo participado do período de maiores conquistas do clube, como o Campeonato Brasileiro de 1997, a Copa Libertadores de 1998, a Copa João Havelange de 2000 e a Copa Mercosul de 2000.

Foto: André Durão / GloboEsporte.com

Vídeo incorporado

Felipe Schmidt

@schmidt_felipe

Eurico Miranda puxou o Casaca no fim da reunião do Conselho Deliberativo. Ele anunciou que a partir de agora só irá as reuniões do Conselho de Beneméritos e do Deliberativo. Com problema de saúde, vem restringindo as idas diárias ao Vasco.