Prefeitura de São Felipe anuncia construção de Posto de Saúde

Os trabalhos e ações que visam qualificação dos atendimentos do SUS e melhorias estruturais nas unidades de saúde em São Felipe avançam a cada dia. A Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, acaba de anunciar a aprovação do projeto que garante a construção da sede própria da Unidade de Saúde da Família Manoel Cardoso. Cadastrado … Leia Mais




Samu terá suporte de resgate com helicóptero em casos de urgência

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Salvador (Samu) ganhou apoio de um helicóptero para resgate aeromédico de casos graves em Salvador e Região Metropolitana (RMS). Disponível desde fevereiro, a novidade já realizou o primeiro resgate de uma vítima de acidente automobilístico no município de Candeias. Segundo o secretário da Secretaria Municipal de Saúde, … Leia Mais



Boletos vencidos acima de R$ 800 poderão ser pagos em qualquer banco


Boletos vencidos acima de R$ 800 poderão ser pagos em qualquer banco

A partir deste sábado (24/03), os boletos vencidos de valor igual ou acima de R$ 800 poderão ser pagos em qualquer agência bancária, anunciou a Febrabran (Federação Brasileira de Bancos). A mudança se deve ao fato de esses boletos passarem a trafegar pela Nova Plataforma de Cobrança, desenvolvida pela entidade em parceria com a rede bancária, para processamento das informações de pagamento. O novo sistema permite que os pagamentos sejam feitos sem erros nos cálculos de multas e encargos. “A Nova Plataforma reduz a inconsistência de dados e evita pagamento em duplicidade”, diz Walter Tadeu de Faria, diretor adjunto de operações da Febrabran, em comunicado. Os bancos já tinham liberado parcialmente o recurso em julho do ano passado, quando passaram a ser processados boletos a partir de R$ 50 mil. Mais tarde, em setembro, foi a vez dos boletos de valor igual ou acima de R$ 2 mil. O cronograma inicial previa que o sistema passasse a registrar todos os boletos a partir do fim de 2017. Segundo a Febraban, no entanto, “foi necessária uma adaptação para garantir a segurança e a tranquilidade no processamento, em função do elevado número de documentos”.


Ar-condicionado de lancha teria provocado incêndio em estaleiro no Bonfim


Ar-condicionado de lancha teria provocado incêndio em estaleiro no Bonfim

Um curto-circuito no condicionador de ar de uma das lanchas guardadas na Marina do Bonfim, na Cidade Baixa, teria provocado o incêndio que destruiu ao menos 30 embarcações no local, na tarde desta quinta-feira (22). A informação foi divulgada na noite desta sexta (23) pelo delegado Victor Spínola Bastos, titular da 3ª Delegacia (Bonfim), que investiga o caso. O curto-circuito teria ocorrido durante a manutenção no ar-condicionado da lancha.A Polícia Civil vai aguardar o laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) para confirmar a informação. Na tarde desta sexta, o delegado ouviu donos de embarcações. O gerente do estaleiro afirmou na unidade policial que o fogo teve início em uma lancha chamada de Santinha 3. A versão de que o incêndio começou em uma das lanchas já tinha sido apontada pelos peritos que estiveram no local do ocorrido pela manhã.

“Conversei com um dos funcionários. Ele disse que na hora um equipamento estava ligado, mas não soube dizer que equipamento era este e qual serviço era feito na hora”, declarou o perito criminal Marcos Almeida, do DPT, após análise no estaleiro. (Correio)


Moradores de Itacaré reclamam de água amarelada e com mau cheiro em torneiras; Embasa diz que houve ‘falha humana’


Moradores de Itacaré reclamam de água amarelada e com mau cheiro em torneiras; Embasa diz que houve 'falha humana'

Moradores de Itacaré, no sul da Bahia, reclamam que estão recebendo nas torneiras de casa água escura e com mau cheiro. A cidade é abastecida pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). O eletrotécnico Alzires Vieira, que é morador do bairro Passagem, diz que o problema já dura mais de dois meses. “Já sofremos isso aqui na cidade há mais de 2 meses. Já colocamos em grupos de WhatsApp e nos mobilizamos, chamamos a comunidade para poder tentar resolver essa situação, já chamamos também o gerente da Embasa e mesmo assim ele não solucionou o problema. Até hoje, estamos buscando soluções perante as contas, que estão vindo cada vez mais caras. E a solução não está sendo feita”, destaca.Por causa do problema, muitos moradores precisam comprar galões de água mineral para consumo. Cada galão de 20 litros custa, em média, R$ 9. Os moradores dizem não saber o motivo de a água estar chegando nas torneiras com cor amarelada e gosto entranho. Eles ainda dizem que a água não cai com frequência. O comerciante João Silva, que vende peixes na cidade, diz que fica sem condições de trabalhar por causa da água suja. “Deu um prejuízo, porque a gente não tem como se locomover, porque não tem água. A gente depende da água para trabalhar. A água limpa, não é?”. A Embasa informou que a situação foi ocasionada por conta de um problema na estação de tratamento de água de Itacaré. A empresa disse que houve uma falha humana e que o funcionário responsável foi desligado da empresa. A Embasa não detalhou qual foi o problema. Já com relação à falta de água relatada pelos moradores, a empresa disse que houve paradas operacionais na estação na cidade, mas que o abastecimento já foi resolvido na maior parte do município. (G1)


Dez crianças e três adultos ficam feridos após ônibus escolar tombar em ribanceira em São Desidério


Dez crianças e três adultos ficam feridos após ônibus escolar tombar em ribanceira em São Desidério

Dez crianças e três adultos ficaram feridos depois que o ônibus escolar em que estavam tombou em uma ribanceira, na manhã desta sexta-feira (23), no povoado de Vila Nova da Conceição, zona rural de São Desidério, oeste da Bahia. Ao todo, 35 estudantes estavam no veículo. O motorista do ônibus contou à Polícia Militar que faltou freio no ônibus e, com isso ele perdeu o controle da direção do veículo, que acabou voltando de ré e capotando na ribanceira. Os feridos foram encaminhados para o Hospital e Maternidade Nossa Senhora Aparecida, no Centro de São Desidério. A merendeira da escola precisa de mais cuidados, pois quebrou a clavicúla durante o acidente. De acordo com a secretária de Educação de São Desidério, Iléia Almeida, o ônibus passou por uma manutenção há 15 dias. Ainda segundo a secretária, a inspeção do veículo é feita diariamente. (G1)


Hospital Municipal de Sapeaçu (HMS) realiza pela primeira vez procedimento Odontológico Hospitalar


Na manhã dessa quinta-feira (22) foi realizado pela primeira vez no Hospital Municipal de Sapeaçu (HMS) o procedimento Odontológico Hospitalar, que é um conjunto de ações preventivas, diagnósticas, terapêuticas e paliativas em saúde bucal, realizadas em ambiente hospitalar que funcionam em conjunto com uma equipe multidisciplinar, contribuindo para minimizar o risco de infecções, melhorar a qualidade de vida, reduzir o tempo de internação e diminuir o uso de medicamentos.

Esse novo procedimento foi realizado pelo Cirurgião-Dentista do Município Breno Dias e Jessica Rodrigues, acadêmica de Odontologia da Faculdade Maria Milza (FAMAM). “Pacientes especiais, odontofóbicos (medo de dentista), psiquiátricos, com traumatismo dentoalveolar avançado podem ser sedados por medicação via oral, intravenosa ou inalatória para realização de procedimentos odontológicos referenciados pela atenção básica e regulados. Esse procedimento será realizado em casos de urgência com sedação consciente odontológica e a sedação inconsciente médica”, disse Breno. ( ASCOM-PMS)