Partiu Estágio seleciona 2,5 mil universitários em novas convocações

Foto: Reprodução O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Administração (Saeb), realiza duas novas convocações para o Programa Partiu Estágio nesta quarta-feira (17). A informação foi divulgada pelo governador Rui Costa durante o #PapoCorreria, transmitido pelas redes sociais, na noite desta terça (16). Ao todo, 2.544 estudantes universitários deverão se apresentar em até … Leia Mais




Papa Francisco pede a estudantes que deixem o vício do celular

Papa Francisco disse que “quem se transforma em escravo do telefone perde a sua liberdade”. Remo Casilli/Reuters/direitos reservados Durante discurso para estudantes do instituto público Ennio Quirino Visconti, escola secundária clássica de Roma, o papa Francisco pediu aos jovens, neste sábado (13), no Vaticano, que se “libertem da dependência” do telefone celular, que é “como … Leia Mais



Muniz Ferreira: Incêndio em oficina de fogos de artifício deixa três feridos


Foto: reprodução

Um incêndio em uma oficina de fogos que funcionava dentro de uma residência no inicio da manhã deste domingo (14) no município de Muniz Ferreira deixou três pessoas feridas.

Segundo as informações de testemunhas, três pessoas estavam no local no momento do ocorrido, sendo que duas delas foram encaminhadas para o HRSAJ (Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus) com alguns ferimentos. Com a aproximação do São João é comum que as atividades voltadas a produção de fogos de artifício se intensifiquem, muitos destes locais são clandestinos e não trazem a devida segurança para quem os manipula o que aumenta os riscos de explosões. (Voz da Bahia)




Mulher é presa ao tentar sacar PIS com documentos falsos em Livramento de Nossa Senhora


Foto: Reprodução / Achei Sudoeste

Uma mulher foi presa ao tentar ao tentar sacar dinheiro referente ao benefício PIS utilizando documentos falsos no município de Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste do estado, nesta sexta-feira (12). Segundo apurado pelo portal Achei Sudoeste junto a polícia local, a mulher foi identificada como Juliana Cristina Santos Guimarães, e é natural de São Paulo.

A polícia informou que o gerente da agência bancária do Banco do Brasil e um cliente desconfiaram da atitude da mulher e acionaram o órgão de segurança. Juliana portava uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. Em depoimento, ela afirmou que mora no município de Santo Antônio de Jesus, região do Recôncavo da Bahia. Na delegacia, a mulher confessou participação em uma quadrilha que pratica esse tipo de delito na região. (Bahia Noticias)




Justiça proíbe venda de livro do padre Marcelo Rossi por violação de direito autoral


Foto: Reprodução / Instagram

O desembargador Gilberto Campista Guarino, da 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), determinou a suspensão da publicação, distribuição e venda do livro “Ágape”, lançado em 2010, do padre Marcelo Rossi. A liminar foi concedida na quinta-feira (11) e cabe recurso.

A escritora Izaura Garcia, autora do pedido, afirma que o trecho “Perguntas e Respostas – Felicidade! Qual É?” é de autoria dela e foi publicado em seu livro,  “Nunca Deixe de Sonhar”, de 2002.  Em “Ágape”, a autoria do trecho é atribuída a madre Teresa de Calcutá. No processo, que ainda não foi julgado, a escritora pede indenização por violação de direitos autorais no valor de R$ 50 milhões.

“Defiro parcialmente a tutela provisória de urgência, a fim de que os agravados suspendam a publicação, distribuição e venda de exemplares da obra ‘Ágape’, até que comprovem a retificação de autoria do texto ‘Perguntas e Respostas – Felicidade! Qual é?’, nela veiculado, atribuindo-o corretamente à agravante, ou até que o suprimam, sob pena de multa equivalente ao dobro do valor comercial de cada exemplar publicado, distribuído e/ou vendido”, determina Guarino em sua decisão.

Segundo as advogadas de Izaura, Carolina Miraglia e Mariana Sauwen, o reconhecimento da escritora como autora do trecho já tinha sido obtido em outro processo, de 2013.

No entanto, o padre e a editora Globo não cumpriram o acordo estipulado na época nem corrigiram a informação na publicação. “Um dia, a Izaura entrou em uma livraria e pegou o livro para mostrar para algumas pessoas, mas viu que o seu nome não estava identificado como autora do trecho. Foi quando, então, ela nos acionou para entrar com o processo na Justiça”, explicou Carolina.

Segundo ela, o valor pedido pela indenização foi feito com base na legislação brasileira de direito autoral e corresponde a 20% da venda de 10 milhões de exemplares do livro. “[A obra] Gerou um lucro de R$ 250 milhões”, informou.

A editora Globo e o padre Marcelo informaram que só irão se pronunciar após a notificação oficial da Justiça, segundo o jornal O Dia.

por Folhapress




POLÍCIA CIVIL DE AMARGOSA PRENDE ACUSADO DE ASSALTOS


Em mais uma operação da Polícia Civil de Amargosa nesta semana, foi preso no dia de hoje, 13/02019, a pessoa de Anderson Marques dos Santos, 22 anos, mais conhecido por “Louro”, por cometimento do crime de roubo a mão armada.

De acordo com as investigações, “Louro”, em companhia de outro indivíduo, no dia 16/02/2019, por volta das 18h45min, de posse de uma arma de fogo, tipo revólver calibre .38, prateado, teria adentrado no estabelecimento comercial denominado “Sl Bolos”, no centro de Amargosa, e anunciou o assalto, subtraindo, mediante grave ameaça, dinheiro e celulares das vítimas. Os acusados proferiram xingamentos e agrediram uma das vítimas com coronhadas.

Imediatamente, a Polícia Civil de Amargosa iniciou as investigações e de posse de provas robustas, o Delegado de Polícia representou pela prisão preventiva do acusado, que foi deferida pelo juiz criminal.

Anderson Marques dos Santos já foi preso anteriormente pela Polícia Civil de Amargosa por duas vezes, no ano de 2015, ambas por roubo majorado, havendo ainda fundadas suspeitas de participação no comércio ilícito de entorpecente.

O acusado foi recolhido a carceragem do DISEP de Amargosa e se encontra a disposição da Justiça Criminal. ( Polícia Civil).




Guanambi: Justiça acata denúncia contra prefeito por fraude em transporte escolar


Foto: Lay Amorim / Achei Sudoeste

O prefeito de Guanambi, no Sertão Produtivo, sudoeste baiano, Jairo Silva Magalhães, foi obrigado pela Justiça Federal a instaurar procedimento , no prazo de dez dias, para apurar as faltas contratuais imputadas à empresa Sol Dourado, que opera o transporte escolar na cidade. A liminar, deferida nesta sexta-feira (12), ainda determinou que a prefeitura adote, em 20 dias, medidas para regularizar o transporte escolar de forma adequada. Em caso de desobediência, Jairo Magalhães terá de pagar multa de R$ 10 mil.

Segundo o Ministério Público Federal, autor da denúncia por improbidade administrativa, uma investigação do órgão concluiu que houve desvio de recursos na contratação de transporte escolar no Município. Além do prefeito, são acusados pelas supostas irregularidades a secretária de Educação, Maristela Cavalcante, o pregoeiro, Anderson Ribeiro dos Santos, a empresa Sol Dourado Serviços de Transportes Rodoviários Eireli, seu sócio, Renato Ferreira da Silva, e representante William Barros de Souza.

De acordo com as investigações, a licitação para o transporte escolar no município, que firmou contrato no valor de R$ 4 milhões, foi direcionada e fraudada, e a continuidade da prestação dos serviços põe em risco a vida de crianças entre 5 e 15 anos de idade, que estão circulando em veículos abertos do tipo “pau de arara” ou em ônibus velhos, enferrujados e sem cinto ou outros itens de segurança. (Bahia Noticias)