A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, lança seu mais novo projeto urbanístico de arborização: “Arborizar com consciência”

O coordenador de Meio Ambiente da Secretaria de Agricultura de São Felipe, Eduardo Águiar, falou  sobre o novo projeto de Arborização. “Os benefícios advindos da arborização urbana promovem a melhoria da qualidade de vida e o embelezamento da cidade. Essa arborização depende do clima, tipo de solo, do espaço livre e do porte da árvore … Leia Mais






São Felipe realiza nova Chamada Pública para compra de gêneros da agricultura familiar


Produtores e agricultores do município de São Felipe já podem ficar atentos a Chamada Pública para aquisição de produtos da agricultura familiar destinados ao preparo das refeições da merenda escolar de alunos matriculados na rede municipal de ensino através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Os agricultores interessados em fornecer seus produtos no período de agosto a dezembro de 2018, deverão apresentar a documentação para habilitação e projeto de venda até o dia 06 de agosto de 2018, na sede da Prefeitura de São Felipe. A Sessão Pública para apresentação da relação dos proponentes dos projetos de venda será realizada no dia 07/08/2018, às 08h30min, na Sala de Licitações, na Prefeitura de São Felipe. Além de oferecer uma alimentação rica, saudável e nutritiva, a Prefeitura de São Felipe através da Secretaria Municipal de Educação, Esporte, Cultura e Lazer cumpre a determinação legal do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que faz parte do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), ajudando também a fomentar a agricultura familiar no município em uma parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura.



Bahia é líder do Nordeste em geração de emprego no mês de março


Bahia é líder do Nordeste em geração de emprego no mês de março

Em março de 2018, em relação ao saldo de postos de trabalho com carteira assinada, a Bahia (+4.151 postos) ocupou a primeira posição entre os estados nordestinos e a sexta no conjunto das unidades federativas. De acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), no Nordeste, além da Bahia, apenas outros três estados apresentaram saldo positivo no mês: Maranhão (+1.017 postos), Piauí (+955 postos) e Ceará (+238 postos).  Portanto, a maioria dos nove estados da região apresentou desempenho negativo no terceiro mês do ano: Pernambuco (-9.689 postos), Alagoas (-6.999 postos), Sergipe (-2.477 postos), Rio Grande do Norte (-437 postos) e Paraíba (-367 postos).  As informações reunidas pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O resultado positivo da Bahia decorreu da diferença entre 50.740 admissões e 46.589 desligamentos e representa uma variação de 0,25% no estoque de empregos formais.

Setorialmente, em março, seis das oito atividades econômicas contabilizaram saldos positivos: Serviços (+1.852 postos de trabalho), Agropecuária (+1.230 postos), Construção Civil (+1.133 postos), Administração Pública (+780 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+298 postos) e Extrativa Mineral (+15 postos). Por outro lado, dois setores eliminaram posições de trabalho com carteira assinada: Comércio (-696 postos) e Indústria de Transformação (-461 postos). (Bocão News)