Bahia ainda precisa vacinar 680 mil pessoas contra gripe

Mais de 680 mil pessoas ainda não foram vacinadas contra gripe na Bahia, de acordo com boletim divulgado nesta terça-feira (19) pelo Ministério da Saúde. Até 18 de junho, 81,4% da população prioritária do estado foram vacinados. Os grupos prioritários têm até a próxima sexta-feira (22), quando se encerra a Campanha Nacional de Vacinação contra … Leia Mais


“Mais do que um caso de polícia é um caso de saúde”; esclarece professor sobre suposta ameaça a alunos na UFRB de S. A. de Jesus

Alunos do quinto semestre do curso de medicina da UFRB (Universidade Federal do Recôncavo) procuraram a imprensa após se sentirem ameaçados por uma postagem feita por um de seus colegas em um grupo de WhatsApp. Segundo informações de alunos da universidade, um colega que teve a identidade preservada, teria colocado um desconfiado vídeo clipe de … Leia Mais



Acidente deixa um morto e outro ferido em Itacaré


Acidente deixa um morto e outro ferido em Itacaré

Foto: ASCOM da CIPRv / Itabuna

Um jovem de 18 anos morreu e um homem ficou ferido depois que o caminhão em que estavam capotar, na manhã de quarta-feira (13), na BA-264, em Itacaré, no sul da Bahia. As informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). De acordo com a PRE, chovia no momento do acidente, o que poderia ter ajudado o caminhão a capotar. As vítimas saíram de Itacaré e viajavam no sentido Taboquinhas. Segundo a PRE, o homem que dirigia o veículo, que não teve identidade revelada, foi socorrido por populares e levado para um hospital da região. O jovem que morreu foi identificado como Edivan Conceição Sales. Ele ficou preso às ferragens e, quando a polícia chegou já tinha falecido. (VN)


Caminhão desce ladeira de ré e invade residência em São Miguel das Matas; não houve feridos


Caminhão desce ladeira de ré e invade residência em São Miguel das Matas; não houve feridos

Por pouco não acontece uma tragédia na manhã desta terça-feira (13), no munícipio de São Miguel das Matas no Vale do Jiquiriçá, recôncavo baiano. Segundo informações de populares um caminhão que estava subindo uma ladeira perdeu a força e voltou atingindo uma residência da Rua Augusto Vieira no centro da cidade. Ainda conforme relatos, havia duas pessoas dentro da casa na hora do ocorrido, mas ninguém ficou ferido. Em estado de choque, o dono do imóvel foi socorrido para uma unidade de saúde próxima, mas  passa bem.

Reportagem e fotos/ Voz da Bahia: Marcello Dial

Havia duas pessoas dentro da residência no momento do ocorrido


Valença: Pedreiro é preso em flagrante por estuprar e assassinar a mãe


Valença: Pedreiro é preso em flagrante por estuprar e assassinar a mãe

Um homem de 60 anos foi preso em flagrante nesta terça-feira (12) por estuprar e assassinar a própria mãe às vésperas da data em que ela completaria 76 anos, no município de Valença. De acordo com o delegado José Raimundo Néri Pinto, coordenador da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil (Coorpin / Valença), o pedreiro Reginaldo da Boa Morte Santos, 60 anos, alegou que cometeu o crime estar alcoolizado. “Ele estuprou e assassinou por asfixia a própria mãe, que iria fazer 76 anos, nesta quarta-feira (13), na casa onde morava com ela. Durante o interrogatório Reginaldo alegou que a bebida o fez cometer o crime”, explicou. Reginaldo tentou ocultar o crime providenciando a limpeza do local onde tudo aconteceu, mas foi foi impedido pela ação da equipe da DT/Valença. “A vítima chegou a entrar em luta corporal com o agressor para tentar se defender. Ele foi autuado por estupro seguido de morte e segue preso à disposição da Justiça”, afirma o delegado. (Bahia.Ba)


Medeiros Neto: Ex-prefeito é denunciado por contratação irregular de serviço de limpeza


Medeiros Neto: Ex-prefeito é denunciado por contratação irregular de serviço de limpeza

O ex-prefeito de Medeiros Neto, Nilson Vilas Boas Costa, foi acusado de improbidade administrativa na contratação de serviço de limpeza pública durante o exercício de 2016. O Tribunal de Contas dos Municípios determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual nesta terça-feira (12). O relator do caso, o conselheiro Paolo Marconi, também determinou o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$143.208,40, com recursos pessoais, referente a não comprovação de despesas. E multou o gestor em R$20 mil. O termo de ocorrência apontou diversas irregularidades no contrato celebrado entre a prefeitura e a empresa Pietra Soluções e Engenharia, ao custo de R$1.796.602,68, bem como na contratação de 71 prestadores de serviços para a função de gari, no valor total de R$350.563,40. Além da reiterada contratação de pessoal sem prévio concurso público, o gestor não comprovou a realização de despesas no montante de R$143.208,40. Também não foram apresentados documentos referentes ao segundo termo aditivo ao contrato nº 001/2014, as publicações do primeiro e segundo termos aditivos, as planilhas de medição e a indicação dos logradouros onde os serviços foram prestados. A decisão cabe recurso. (BN)


Feira de Santana: Médico é denunciado por cobrar para realizar cirurgias do SUS


Feira de Santana: Médico é denunciado por cobrar para realizar cirurgias do SUS

Foto: Reprodução / TV Sudoeste

O médico Samuel Artur Cardoso de Souza foi denunciado nesta segunda-feira (11) pelo Ministério Público estadual por cobrar pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) pela realização de cirurgias. Segundo o promotor de justiça Tiago Quadros, o médico era ortopedista e tinha convênio com o SUS quando cobrou duas pacientes em 2010 e 2013. Samuel irá responder pelo crime de concussão, quando um funcionário público exige vantagem indevida por conta de sua função. O médico atendia na Casa de Saúde Santana (CSS), unidade localizada na cidade de Feira de Santana. As acusações declaram que o profissional exigiu das pacientes R$ 1.120 por cirurgias ortopédicas, em 23 de agosto de 2010 e 2 de setembro de 2013. De acordo com o site do jornal Correio, os valores correspondiam a duas cirurgias no braço direito e um tratamento cirúrgico nos punhos. O médico disse à uma das pacientes que que o serviço com autorização do SUS iria demorar a ponto de causar “paralisia” no braço. Para a outra paciente, ele teria escrito em um papel o valor a ser pago e o nome da pessoa que iria receber a quantia. A paciente chegou a questionar se o procedimento não seria coberto pelo SUS e o médico respondeu que o Sistema “cobria mas não pagava”. (BN)