Jéssica Senra é escolhida para apresentar ‘JN’ em especial de 50 anos do noticiário


A jornalista Jéssica Senra será a representante da TV Bahia na bancada do “Jornal Nacional”. A aparição da apresentadora do “Bahia Meio Dia” no noticiário noturno vai acontecer durante as comemorações dos 50 anos do jornal da Rede Globo.

De acordo com o jornalista Maurício Stycer, do UOL, a escolha por cada um dos 27 representantes, um por estado mais o Distrito Federal, foi feita através de um sorteio, conforme comunicado pelo jornalista e editor-chefe William Bonner nesta quarta-feira (24). As primeiras participações serão feitas a partir do dia 31 de agosto, nos rodízios aos sábados, mas a data em que Jéssica comandará o “JN” ainda não foi informada.

“Em nome da justiça na escolha de nomes para representar os estados de cada afiliada, essa mesma qualidade nos impediu de aplicar qualquer critério justo de seleção que não fosse o velho e bom sorteio”, disse Bonner, no e-mail enviado às praças associadas a Globo.

O UOL teve acesso na íntegra ao comuicado enviado pelo comandante do “Jornal Nacional”:

Amigos, colegas das emissoras afiliadas,

Depois de assistir aos vídeos que nos foram enviados, só pude confirmar a excelência do trabalho de vocês. A Globo é o que é por ter o seu talento e o seu profissionalismo em cada momento do dia, em cada cidade brasileira. É um orgulho pra mim, pra todos nós da Globo, que quero compartilhar com vocês. Orgulhem-se. É justíssimo.

Exatamente em nome da justiça na escolha de nomes para representar os estados de cada afiliada, essa mesma qualidade nos impediu de aplicar qualquer critério justo de seleção que não fosse o velho e bom sorteio. E acho que todos (apresentadores do Bom Dia, Praça 1 e Praça 2) ficarão contentes em saber dessa nossa avaliação.




Tino Marcos pede licença da Globo até janeiro


                                                      Foto : Reprodução/TV Globo

O repórter esportivo Tino Marcos, que esteve na cobertura da Copa América até o início deste mês, pediu licença não remunerada da Rede Globo até janeiro do próximo ano. O anúncio ocorre dias após a emissora confirmar que o colega de editoria Marcos Uchôa também vai ficar fora do ar pelo mesmo período.

O jornalista já havia pedido para se afastar anteriormente. Em 2015, ele ficou um ano sem trabalhar, com justificativa de dedicação à família e aos estudos.

Tino estreou na Globo em 1986 e já fez parte dos carros-chefe de esporte do canal, como Globo Esporte e Esporte Espetacular. Ele cobriu todas as copas que ocorreram entre 1990 e 2018. (Metro1)


Mauro Naves deve processar TV Globo após demissão, diz colunista


                                                                   O contrato do jornalista com a emissora carioca duraria até 2021. Foto: Divulgação TV Globo

A saída repentina de Mauro Naves da Globo parece ter deixado o jornalista bastante chateado com a antiga casa.

De acordo com a colunista Keila Jimenez, do R7, Mauro pensa em processar a emissora carioca por quebra de contrato.

Após 31 anos de casa, o jornalista foi demitido devido o envolvimento no caso Neymar. O contrato de Mauro só chegaria ao fim em 2021, mas a Globo optou por romper o acordo dois anos antes da data estabelecida.

Desde o anúncio da demissão o jornalista vem sendo sondado para compor a equipe esportiva de outras emissoras, entre elas canais abertos com a Record e TVs pagas.


Padre Marcelo Rossi é empurrado de palco em missa em São Paulo


Mulher empurrou padre durante missa na Canção Nova (Canção Nova/Reprodução)

O padre Marcelo Rossi foi empurrado por uma mulher de 40 anos de um palco enquanto celebrava uma missa na tarde de hoje em Cachoeira Paulista (SP), cidade a duas horas e meia da capital.

De acordo com a Canção Nova, realizadora do evento, o incidente aconteceu por volta das 15h30, durante a homilia. “Ele foi empurrado por uma mulher com problemas mentais”, informou a assessoria de imprensa da Canção Nova. A fiel viajou até o interior paulista em uma caravana do Rio de Janeiro.

Padre Marcelo caiu de uma altura aproximada de um metro e ficou no chão próximo à grade de isolamento que separava o palco do público, estimado em 50 mil pessoas. “Ele foi socorrido pela nossa equipe médica, composta por médicos, paramédicos e ambulância”, diz a assessoria.

ASSISTA O MOMENTO QUE O PADRE É EMPURRADO:

Os médicos constataram que não havia nenhuma “quebradura”. Apesar de algumas dores, o padre decidiu voltar ao palco e completar a missa. “Ele não ficou sentado. Continuou celebrando em pé, como faz normalmente”, informou a organização do evento.

O sacerdote aproveitou para tranquilizar os fiéis em um vídeo compartilhado em suas redes sociais. Ele disse que sua saúde está bem, ficou “só com uma dorzinha”. Glória a Deus, Maria passou na frente, pisou na cabeça da serpente, estou ótimo! Fiquem tranquilos. Só umas dorzinhas, isso aí é normal, não quebrou nada. Amém! Padre Marcelo Rossi.

Padre não registrou Boletim de Ocorrência

Padre Marcelo, que estudou na região de Cachoeira Paulista, preferiu não prestar queixa. A Polícia Militar levou a mulher para uma delegacia em Lorena para registrar o caso. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) se manifestou pelas redes sociais.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

– Toda nossa solidariedade ao Padre Marcelo Rossi. Deus olhe para o nosso Brasil. 🇧🇷

5.450 pessoas estão falando sobre isso

A programação previa que o sacerdote participasse ainda hoje de um encontro reservado antes de retornar para a capital paulista. O Uol entrou em contato com a assessoria da Polícia Militar, mas ainda não obteve resposta.

Wanderley Preite Sobrinho / Do UOL, em São Paulo


Márcio Canuto deixa Globo depois de 21 anos na emissora


                                                              Jornalista Márcio Canuto (Reprodução/TV Globo/Reprodução)

O jornalista Márcio Canuto não renovou seu contrato com a TV Globo e vai se aposentar após 21 anos na emissora. A informação foi confirmada pela própria TV Globo a VEJA na noite desta sexta-feira, 12. Dono de um estilo irreverente, Canuto se destacou pelo jeito diferente de encarar a profissão, sempre próximo do público, chamando a atenção em grandes coberturas, como a Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil. Em 2005, criou o quadro SPTV Comunidade, que permitia aos moradores de várias regiões de São Paulo cobrar das autoridades a solução dos problemas de seu bairro. Aos 73 anos, Canuto, que é natural de Maceió, diz que pretende seguir morando em São Paulo para descansar e aproveitar a família. (VEJA)