São Felipe BA: Secretário Municipal de Educação, Professor Silvio Ricardo, participa de reunião e cita algumas mudanças para 2019


O professor Silvio Ricardo, novo secretário municipal de educação de São Felipe, participou na manhã desta ultima sexta-feira (23/11), de uma reunião com a direção, professores, pais e responsável, na escola municipal Francisco de Assis Guedes. Durante sua fala o novo secretário citou que algumas mudanças estão em estudo para 2019. “É de conhecimento de todos, que o município vem atravessando dificuldade financeira, e é preciso fazer alguns ajustes, para que possamos honrar com nossas obrigações”, destacou ele.

Entre as mudanças citada pelo Secretário, provavelmente estarão à remoção dos transportes circularem, são aqueles ônibus que faz o transporte dos alunos da sede. De acordo com a fala do Secretário, Um estudo esta sendo feito para o remanejo dos alunos para as escolas próximas de suas comunidades de origem, e assim evitar maiores transtorno aos pais com o deslocamento.

O Secretário também citou nessa conversa com os pais, e profissionais da escola, sobre analise que está sendo feito em relação à manutenção do programa Escola tempo Integral. Acompanhe a fala do secretário no vídeo em anexo a seguir.






São Felipe BA: Escola Presidente Médici realiza atividade em comemoração ao dia da Consciência Negra


1A Escola Municipal Presidente Médici realizou na manhã desta última terça-feira 20/11, o Projeto da Consciência Negra com o  Tema: Descobrindo a África que está em nós na Disciplina de História e Cultura Afro-brasileira Orientação das Professoras Danila Santiago e Geórgia Patrícia Santana.

O objetivo do Projeto é Valorizar a cultura negra e seus afro-descendentes promovendo a reflexão e resgate da identidade negra.

A Equipe Fênix 6° Ano João Ubaldo Ribeiro e 9° Ano Anísio Teixeira representou o Tema: Influência Africana na Música.

A Equipe Elite Azul Turmas 7° Ano Rui Barbosa e 8° Ano Darcy Ribeiro representou o Tema: Influência Africana na Culinária brasileira.

A Equipe Arte do Saber representou o Tema: Presença Negra nas Artes, 8° Ano Paulo Freire e 7° Ano Jorge Amado.

A Equipe Leonardo da Vinci  representou o Tema: Discriminação Racial e intolerância Turmas 9° Ano Florestan Fernandes e 6° Ano Castro Alves.

A professora Inga, nos informou o projeto foi Um  Sucesso. “Os alunos  estão de Parabéns, eles foram brilhantes na realização desse trabalho. Deus abençoe a toda comunidade escolar”, finalizou ela.


Prefeitura de São Felipe amplia diálogo com professores visando o cumprimento das atividades do ano letivo


Buscando assegurar o funcionamento das escolas salvaguardando o cumprimento das atividades letivas do município, a Prefeitura de São Felipe através das Secretarias de Administração e de Educação, Esporte, Cultura e Lazer, vem dando ênfase a um diálogo saudável com os professores da rede municipal de ensino.

Os novos secretários municipais Álvaro Neiva, Secretário de Administração e Silvio Ricardo, Secretário de Educação reuniram-se com representantes da APLB – Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia – Núcleo de São Felipe, com o intuito de salvaguardar o cumprimento das atividades letivas do município, onde foi proposta a reposição das aulas pelos professores e a reposição dos valores descontados pelas faltas do mês de outubro/2018. Os representantes da APLB ficaram de apresentar a proposta na próxima assembléia da classe para que possa dar continuidade ao processo. Essa ação representa o novo rumo da gestão pra harmonização com seus servidores e cumprimento de suas atividades de forma eficaz.

De acordo com o Secretário de Administração, Álvaro Neiva, a prefeitura está aberta ao diálogo com a classe e vem fazendo todos os esforços possíveis para atender as reivindicações dos professores, criando canais abertos de diálogos, além de assegurar o funcionamento das escolas e a continuidade dos serviços essenciais à sociedade, que é a Educação. (Ascom)





Prefeitura de São Felipe emite nota de esclarecimento sobre greve dos professores


A Prefeitura Municipal de São Felipe por meio da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, emitiu nesta sexta-feira, 19 de outubro de 2018, uma nota de esclarecimento a população sobre a greve dos professores da rede municipal de ensino.

Segundo a nota, a Secretaria de Educação e a Prefeitura sempre receberam a APLB-Sindicato, respondendo todas as demandas, abertos ao diálogos para negociações e pautas de reivindicações, ressaltando que o Prefeito recebeu o Município com uma folha de pagamento da Educação elevada e ilegal, comprometendo toda a prefeitura, onde a folha de pagamento já supera 19 milhões de reais.

A nota evidencia também que o sindicato da categoria promoveu paralisações de atividades de forma ilegal e com prejuízos a Educação em abril de 2018 e estará tomando todas as providências legais e jurídicas para assegurar o funcionamento das escolas e a continuidade dos serviços essenciais à sociedade diante de nova greve prevista a partir de sábado (20/10) com paralisação das atividades na segunda-feira (22/10).

Confira a nota:

Esclarecimentos a População

Vimos através da presente Nota esclarecer a população sobre a Greve dos Professores. Com o objetivo de assegurar e garantir direitos dos alunos de São Felipe, a Prefeitura está tomando todas as providências legais e jurídicas para assegurar o funcionamento das escolas e a continuidade dos serviços essenciais à sociedade [Educação].

No mês de abril a APLB-Sindicato promoveu paralisação das atividades de forma ilegal e com prejuízos a Educação sob alegação de que o governo municipal não atende a pauta de reivindicações dos trabalhadores. É importante destacar que o Prefeito recebeu o Município com uma folha de pagamento da Educação elevada e ilegal, pois compromete toda a prefeitura, onde a folha de pagamento já supera 19 milhões de reais.

O Plano de Carreira do Magistério Público Municipal (Lei nº 740, de 25 de fevereiro de 2011) necessita de ajuste urgente com adequação dos pagamentos e não aumentos. A Prefeitura faz todos os esforços para garantir os pagamentos dos salários e do Plano de Carreira, mas é impossível atender a pauta dos professores como está. As paralisações são ilegais e o Supremo Tribunal Federal determina que essa suspensão dos trabalhos e das aulas acarreta registro de faltas, desconto salarial e também prejuízos em férias e licença prêmio. A Secretaria de Educação irá promover todos os descontos legais e o Jurídico já está providenciando ação para declarar ilegal a Greve e as paralisações.

Registramos para a população que o Judiciário reconheceu ilegalidade das paralisações em Salvador, Guaratinga, Camaçari e Barra da Estiva por motivos semelhantes ao ocorrido em São Felipe.

A APLB-Sindicato realizou na manhã desta quarta-feira (17/10) Assembleia Geral e decidiu entrar em greve por tempo indeterminado a partir de sábado (20/10) com paralisação das atividades na segunda-feira (22/10). A Secretaria de Educação e a Prefeitura sempre receberam a APLB-Sindicato, respondeu a todas as demandas e sempre os recebeu para negociar, mas as pautas de reivindicações são impossíveis.

Diante desta decisão a Administração está tomando as providências necessárias junto ao Poder Judiciário para garantir os direitos dos alunos e a manutenção da Educação.

Atenciosamente,

Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer
Prefeitura Municipal de São Felipe