Chuva forte volta a causar alagamentos em Cruz das Almas

Apesar de não ter ocorrido transtornos nas chuvas anteriores, os locais onde foram realizadas as obras de drenagem voltaram a alagar misteriosamente.Foto: Portal Cruzalmense Apenas 30 minutos de chuva intensa foi o suficiente para diversas ruas de Cruz das Almas ficarem completamente alagadas. Na tarde desta quarta-feira (06), temporal pegou muita gente de surpresa que, … Leia Mais




Viatura da PM é alvejada por bandidos em Muritiba: “a gente pensava que não ia conseguir voltar”


Viatura da PM é alvejada por bandidos em Muritiba: "a gente pensava que não ia conseguir voltar"

ma viatura da Polícia Militar foi alvejada por diversos tiros no município de Muritiba, localizado a 114 km de Salvador. Segundo a policial feminina (Pfem), que estava na viatura, tudo aconteceu na noite do dia 31 de dezembro, quando ela e um colega faziam rondas pela cidade e se depararam com dois bandidos. “Ao verem a viatura, eles iam correr, quando viram um homem e uma mulher, eles enfrentaram e ficaram de frente para a viatura, a menos de dois metros de distância e começaram a efetuar disparos contra o motorista. Automaticamente, eu que tive um instrutor muito bom, revidei contra eles e me joguei por cima do motorista e comecei a atirar da janela do motorista. Eles não paravam e quando viram que a gente não parava, eles atiraram também contra o meu lado, eu revidei, trocando de lado, vindo atirar para o lado do carona. Quando eles viram que meu carregador acabou e eu ia recarregar, eles correram. A gente não conseguiu atingir ninguém, mas também saímos . A Pfem ainda criticou o fato de estarem apenas dois policiais na viatura e explicou que eles trabalham dessa forma, o que não era mais para existir. “Na hora da batalha, a gente tem que olhar pela nossa vida e do companheiro. Espero que os nossos governantes se atentem, porque se tivesse um terceiro [policial] na viatura a história seria outra”. Emocionada, a Pfem explicou que não sabe o tempo que durou o confronto, mas que para eles foi uma eternidade: “mas foram momentos em que a gente pensava que não ia conseguir voltar para casa para ver nossos familiares no primeiro dia do ano”, concluiu a policial. (BNews)


Moradores fazem manifesto em frente à Embasa em Castro Alves


Problemas nas máquinas tem provocados constantes interrupções do abastecimento.

Na manhã desta quarta-feira (26), alguns moradores da cidade de Castro Alves no Recôncavo baiano realizaram um manifesto em frente ao Escritório da Embasa.

Segundo eles, problemas em máquinas que são usadas para o abastamento na cidade e região estão quebrando constantemente deixando milhares de casas sem água.

“É um absurdo, essa peça sempre quebra e a Embasa não se programa para  a reposição e nós continuamos sofrendo e neste período, o problema aumenta”, ressalta Internauta da Criativa On Line que prefere não se identificar. ( Criativa Online)







Dom Macedo Costa sedia encontro do projeto S.O.S. Rio Jaguaripe


Representantes de municípios da região estiveram presentes nesta quarta-feira (28), na reunião do projeto S.O.S. Rio Jaguaripe, sediado desta vez em Dom Macedo Costa. Fazem parte do projeto os oito municípios que são cortados pelo Rio Jaguaripe (Castro Alves, Sapeaçu, Conceição do Almeida, Dom Macedo Costa, Muniz Ferreira, Nazaré, Aratuípe e Jaguaripe). Este foi o sétimo encontro desta etapa inicial do projeto, que tem como propósito a implantação do Consórcio Intermunicipal da Bacia do Rio Jaguaripe, integrando os municípios para a conservação deste importante curso hídrico local.

O engenheiro ambiental Lucas Santana, um dos membros da comissão de implantação do consórcio, explicou que este tem sido o momento de dialogar e mobilizar os municípios, além de estabelecer parcerias com demais entidades nas esferas estaduais e da justiça, afim de fomentar ações para a preservação e recuperação da Bacia do Rio Jaguaripe, em toda a sua extensão, da nascente até a foz, promovendo o uso sustentável desse recurso natural, além da elaboração de um plano intermunicipal para ações nas áreas degradadas do rio. O promotor público de Meio Ambiente, Dr. Julimar Barreto, também esteve na reunião e explanou sobre as formas legais de enfrentamento para os diversos problemas ambientais que permeiam os mananciais hídricos.

O prefeito Egnaldo Piton, anfitrião do encontro, destacou a importância de se formar o consórcio, como maneira dos gestores da região unirem forças para se angariar recursos financeiros e contratarem equipe técnica especializada para o projeto. Já a secretária de Meio Ambiente, Mara Borges, pontuou que embora Dom Macedo seja um município territorialmente pequeno, possui problemas ambientais grandes, mas que as ações pontuais realizadas já geram respostas positivas. A secretária também anunciou as primeiras intervenções locais do projeto no município, que serão realizadas na propriedade de José Arnaldo Lemos (Zéu Lemos), também presente na reunião. O próximo encontro do S.O.S. Rio Jaguaripe acontece dia 05 de dezembro em Muniz Ferreira.

Ascom DMC