Ônibus com passageiros pega fogo na BA-131

  Um ônibus da empresa Catedral Turismo, com cerca de 50 passageiros, pegou fogo na BA-131, trecho entre os municípios de Pindobaçu e Saúde, no norte da Bahia, na madrugada deste sábado (20). O grupo saiu de Apodi, no Rio Grande do Norte, e seguia para São Paulo. Testemunhas relataram que o incêndio começou com … Leia Mais




Ex-prefeito de Muritiba é preso preventivamente na Adsumus

Após ser preso temporariamente em dezembro do ano passado na operação Adsumus, o ex-prefeito de Muritiba, Roque Isquem (PDT), foi preso nesta sexta-feira (19) após ter a prisão preventiva decretada pela Justiça. O pedetista é investigado na operação deflagrada pelo Ministério Público estadual de integrar um esquema de desvio de recursos em contratos na cidade. … Leia Mais


Acidentes graves em rodovias federais caem 7,5% em 2017; número de multas sobe


                (Foto: Iranilson Valente / Rede Amazônica)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou no ano passado 89.318 acidentes graves em estradas federais, que provocaram a morte de 6.244 pessoas, segundo balanço divulgado nesta sexta-feira (19). O número de acidentes graves é 7,5% menor que o verificado em 2016, mas as mortes caíram apenas 2,7%. Outras 83.978 pessoas ficaram feridas, contra 87.006 em 2016. A redução dos números de violência no trânsito caíram mesmo com um aumento de cerca de 11% da frota circulante, para um total de 96,7 milhões de veículos, afirmou a PRF. De acordo com o verificado por policiais no local dos acidentes, a falta de atenção dos motoristas foi a causa provável de 34 mil feridos e de 1.844 mortes, ou quase 30% do total de vidas perdidas. A velocidade acima do permitido foi a segunda maior causa, com 1.007 mortes e 9,6 mil feridos. Minas Gerais viu o maior número de acidentes (14.398) e de mortos em suas estradas: 834 pessoas. Paraná (11.065) e Santa Catarina (10.628) também registraram níveis altos. Segundo a PRF, estes estados possuem malha viária grande e um fluxo maior de veículos.

Mais multas

O volume de multas aplicadas pela PRF em 2017 cresceu 4,8%, com relação ao ano anterior, para um total de 5,85 milhões. Cerca de 40% das autuações, ou 2,32 milhões, foram por transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%. A segunda infração mais cometida pelos motoristas foi trafegar sem o farol aceso durante o dia, com 905 mil autuações em 2017. A exigência entrou em vigor em 2016, e muita gente ainda não tem o conhecimento da lei, segundo a PRF.


Polícia investiga desaparecimento de ex-prefeito, mas nega confirmação de sequestro


A Polícia Civil informou que o Departamentos de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) está investigando o desaparecimento de Ramiro Campelo, o ex-prefeito de Valença, que foi supostamente sequestrado na manhã nesta quinta-feira (18).  Ao Bahia Notícias, a Polícia declarou que não pode comentar o andamento das investigações, mas negou qualquer confirmação de que Campelo fora sequestrado. De acordo com informações preliminares, três indivíduos em um veículo HB20 na cor branca levaram o empresário, que também é fundador do grupo que controla as Lojas Guaibim. O político foi prefeito de Valença em duas oportunidades.


Itarantim: Por atraso na entrega, moradores invadem casas do Minha Casa, Minha Vida


Habitantes do município de Itarantim, no médio sudoeste da Bahia, invadiram o terreno em que foram construídas 32 casas do programa Minha Casa, Minha Vida pelo atraso na entrega dos imóveis. As obras das habitações terminaram, porém não foram entregues por estarem sob investigação de gestores federais do programa. Além do projeto inicial prever o levantamento de 40 habitações, as casas construídas apresentam, de acordo com o Alerta Itarantim, irregularidades na prestação de contas e falta de banheiros, telhados e rede elétrica. Famílias ocupam de forma improvisada, desde o último final de semana, o conjunto habitacional e, para resolver a situação, os moradores planejam fazer por conta própria as obras que faltam.  (BN)


Três homens morrem em confronto com a polícia na Ilha de Itaparica


Ontem, quinta-feira (18), por volta das 17h a Polícia Militar da CIPM recebeu a informação de que um funcionário do fórum de Itaparica estaria sendo ameaçado a ponto de ser expulso de sua própria residência. De acordo com a polícia, foi solicitado a presença de policiais para adentrar a casa e retirar seus pertences, sendo assim uma equipe foi deslocada para o local juntamente com a guarnição do PETO, Setor II e SOINT, que chegaram e perceberam que estavam sendo observados pelos bandidos à distância. Ainda conforme informações policiais, os pertences do proprietário da casa foram retirados, logo depois a equipe subiu o Morro em direção aos meliantes e foram recebidos a tiros pelos mesmos, quando foi iniciada uma troca de tiros. Na ação foram baleados os acusados conhecidos como Cainã, Rasta, Ticiano Milton dos Santos, vulgo Nego, que foram encaminhados para o HGI – Hospital Geral de Itaparica-, onde foi constatado o óbito.


Inscrição para 1.000 vagas na Polícia Civil começa em 1º de fevereiro


As inscrições para o concurso público que oferece 1.000 vagas na Polícia Civil da Bahia começam às 10h (horário de Brasília) do próximo dia 1º e seguem até 2 de março. Para participar, os candidatos devem acessar o site da Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho – Fundação Vunesp. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet.

Após efetuar a inscrição, o site gera um boleto que deve ser pago na rede bancária. A inscrição apenas será considerada válida depois do pagamento. A taxa custa R$ 160 para os candidatos que vão disputar uma das vagas para delegado e R$ 140 para quem for concorrer aos cargos de investigador de polícia ou de escrivão.

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) publica, nesta sexta-feira (19), no Diário Oficial do Estado (DOE), o Edital Saeb 01/2018 de abertura de inscrições. O anúncio foi realizado pelo governador Rui Costa, nesta quinta (18), nas redes sociais.

Das 1.000 vagas, 880 são para investigador, 82 de delegado e 38 para escrivães. Segundo o governo do estado, o impacto econômico das contratações será de R$ 31,4 milhões, em 2018.

Em junho de 2017, o Estado realizou concurso da Polícia Militar (PMBA) e Corpo de Bombeiros (CBMBA) com 2.750 vagas (duas mil para a PMBA e 750 para o CBMBA). Ainda em 2017, realizou concurso para oficiais, sendo 60 da PM e 30 para o Corpo de Bombeiros.

Requisitos 
Os candidatos que vão concorrer a uma das vagas de delegado precisam ter diploma de conclusão do curso de bacharelado em Direito, registrado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Já para os interessados em disputar os cargos de investigador ou de escrivão de polícia é exigido diploma de conclusão de curso superior (em qualquer área), também registrado no MEC. Os investigadores deve possuir também Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida, categoria B, no mínimo.

A remuneração inicial para os delegados de polícia, com regime de trabalho de 40 horas semanais, atingirá o valor de R$ 11.389,96. Já os investigadores e escrivães de polícia terão remuneração inicial de R$ 3.915,85, em regime de 40 horas semanais.

Das 880 vagas para o cargo de investigador, 572 serão para ampla concorrência, enquanto 264 vão ser para candidatos negros, conforme a Lei Estadual 13.182/2014, que garante 30% do total para a para cota racial. Outras 44 vagas de investigador serão reservadas para pessoas com deficiência, de acordo com a Lei Estadual 12.209/2011.

Para delegados, vão ser 53 vagas para ampla concorrência, 25 para negros e quatro para pessoas com deficiência. Já para escrivães serão 25 para ampla concorrência, 11 para negros e duas para pessoas com deficiência.

Etapas
O certame possuirá sete etapas, sendo seis eliminatórias. Primeiro serão realizadas as provas objetivas (1ª etapa-eliminatória) e as provas discursivas (2ª etapa-eliminatória), depois os exames biomédicos (3ª etapa-eliminatória), o teste de aptidão física (4ª etapa-eliminatória), o exame psicotécnico (5ª etapa-eliminatória), a prova de títulos (6ª etapa-classificatória) e a investigação social e de conduta pessoal (7ª etapa-eliminatória).

 

*Correio