Homem é morto com vários tiros na zona rural de Sapeaçu

Complexo Policial de Sapeaçu. Créditos: Forte na Notícia Gilson Aquino Costa, 40 anos, popularmente conhecido como “Piloto”, morador da Água Branca, zona rural de Sapeaçu, foi atingido por vários disparos de arma de fogo no interior da própria residência, no início da madrugada deste sábado (06). Gilson chegou a ser socorrido por uma ambulância do … Leia Mais


Ciclista morre em colisão entre moto e bicicleta em S. A. de Jesus

Foto: WhatsApp Um ciclista morreu após uma colisão entre uma moto e uma bicicleta próximo ao Conjunto Habitacional Zilda Arnis em Santo Antônio de Jesus. De acordo com informações, Adenir da Conceição Silva, 54 anos, que morava no ‘Minha Casa Minha Vida’ morreu no local. Já o condutor da motocicleta Elinei de Almeida Souza foi … Leia Mais


Valença: Acidente grave mata duas pessoas

Foto: Reprodução/ Atualiza Bahia Um acidente automobilístico na BA-001, em frente ao Posto Azulão, em Valença, deixou duas vítimas fatais e outra ferida. Os veículos envolvidos no acidente foram uma KIA Besta azul, placa policial PP-CCQ 3284, com um Fiat Palio, vermelho, placa PP-OKQ-9273. No Palio estava uma mulher de prenome Maria e o jovem … Leia Mais


Adolescente de 16 anos mata o próprio irmão a facadas em Itaparica

Foto ilustrativa Uma briga familiar terminou em tragédia no município de Itaparica. Uma adolesceste de 16 anos matou com faca o próprio irmão, Rai dos Santos Silva, 20 anos, nesta quinta-feira (3). Em seguida, a adolescente foi surrada pela população e precisou ser internada no Hospital Geral de Itaparica (HGI). Por conta das gravidades dos … Leia Mais


Homem morre após ser picado ao brincar com cobra coral em Caetité

Foto: Reprodução Um homem ainda não identificado morreu na sexta-feira (5), após ser picado ao brincar com uma cobra coral em Caetité, a cerca de 600km de Salvador. De acordo com informações do site Achei Sudoeste, em um vídeo, é possível perceber a vítima com o animal andando pelas ruas, onde foi picado. Segundo informações … Leia Mais


Presa em regime fechado por sequestro, mulher passa na Ufba e tenta liberação na Justiça para cursar biblioteconomia


                                                         Foto: Reprodução/TV Bahia

Uma mulher de 34 anos, que cumpre pena em regime fechado, por sequestro, em Salvador, foi uma das aprovadas para o curso de biblioteconomia da Universidade Federal da Bahia (Ufba), pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usa as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

No entanto, Priscila Regina da Costa da Silva ainda não ingressou no ensino superior, porque não conseguiu liberação da Justiça para frequentar as aulas, que começaram no final de março deste ano.

A mulher cumpre pena no Conjunto Penal Feminino de Salvador, localizado no bairro de Mata Escura. Ela foi condenada há 30 anos de prisão.

Foi dentro do presídio que, segundo Priscila Regina, o desejo de estudar surgiu, com o convívio na biblioteca da instituição. Nos livros ela busca o que perdeu quando foi presa.

“A primeira coisa que você perde é a capacidade de se sentir capaz de alguma coisa, capaz de se sentir digno”, contou Priscila, durante uma entrevista ao programa Bom Dia Sábado, da TV Bahia.

A busca pela liberação da Justiça é acompanhada pela Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA), que atua no caso de Priscila.

A ação da detenta foi iniciada pelo hoje subdefensor público geral, Pedro Bahia, tendo seu recurso sido interposto pelo defensor público Claudio Piansky, e, atualmente, está sendo acompanhada pela defensora pública Andréa Tourinho.

De acordo com o DPE, o processo está concluso para apreciação do agravo da decisão no qual foi negado o pedido, com fundamento de que o curso externo é incompatível com o regime fechado. A defensora aguardando agora a decisão da juíza, para julgar o agravo.

Segundo a Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA), decisões nesse sentido já foram deferidas no Rio Grande do Sul e em Rondônia.

Priscila também espera pela vitória no caso. “Não vai ser tão fácil, vai ser muito difícil eu conseguir, mas nada é impossível”, conta. (G1)




Polícia identifica 10 autores de ameaças contra escolas na Bahia, aponta SSP


                                                                                             Foto: Divulgação / Secom

A polícia baiana identificou 10 autores de mensagens com ameaças contra escolas. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (5) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). O último flagrante ocorreu em Jequié. Três adolescentes, dois da própria cidade, e uma de Brasília disseminaram as mensagens por meio das redes sociais. Em Jequié, equipes da 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Jequié) chegaram aos autores das mensagens após ações de inteligência, análises das postagens e depoimentos de testemunhas.

Dois adolescentes de Jequié e uma menor de Brasília enviaram áudios prometendo massacres em instituições locais de ensino. Durante depoimentos, assim como nos outros casos, informaram que a ideia era fazer uma brincadeira. Outras pessoas, suspeitas de participação no caso, estão sendo procuradas. O grupo será responsabilizado levando em consideração o artigo 265 do Código Penal (atentar contra o funcionamento de serviços de utilidade pública). Os custos com o acionamento de forças de segurança, via mensagens falsas, também serão cobrados. (Bahia Noticias)




Bandidos se entregam e reféns são liberados no Vale das Pedrinhas


Os homens que fizeram uma família de refém no Vale das Pedrinhas, no bairro do Nordeste de Amaralina, em Salvador, se entregaram na noite desta quinta-feira (04). Em entrevista à imprensa, o major Assemany, da Rondesp Atlântico, afirmou que as três vítimas, uma mulher de 34 anos e os filhos dela, uma adolescente de 15 e uma criança de dois anos, foram liberados sem ferimentos. Os seis homens que participaram do crime foram detidos e serão encaminhados para a Central de Flagrantes. Um dos suspeitos é adolescente, mas não teve a identidade informada. Na ação, a polícia apreendeu três armas e porções de drogas. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), os suspeitos fugiram de uma abordagem da polícia. O caso se iniciou no período da tarde, na região conhecida como Serra Verde, durante patrulhamento da Rondesp Atlântico. Equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico e da 40a Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM Nordeste de Amaralina) negociaram a soltura de reféns. (Varela).




Jequié: TJ condena loja por acusar jovem de furto, despi-la e obrigá-la a lavar banheiro


                                                                                             Foto: Can Stock Photo

Uma adolescente de Jequié será indenizada em R$ 20 mil por uma loja de importados por ser acusada de furtar objetos do estabelecimento. De acordo com os autos, a garota, a pedido da mãe, foi até a loja com a quantia de R$ 20 para comprar utensílios domésticos. Quando se dirigiu ao caixa para efetuar o pagamento, foi abordada por dois seguranças que a acusaram de furto. A jovem ainda narrou que os seguranças ainda a levaram à presença da esposa do proprietário da loja, que ordenou que tirassem a roupa dela para fazer uma revista. Mesmo não encontrando nada, ela ainda foi obrigada a lavar dois banheiros da loja. Na ação, ela disse teve a honra e a dignidade violadas.

A empresa, em sua defesa, disse que a loja não possui sistema de câmeras e que os funcionários envolvidos no episódio não eram seguranças. Disse que no momento da abordagem, a jovem passava mercadorias envolvidas em sacolas plásticas para o guarda volumes, com o objetivo de retirá-los na saída. Ainda pediu que a ação fosse julgada improcedente. A vítima fez um boletim de ocorrência no mesmo dia do ocorrido e uma testemunha confirmou o constrangimento sofrido por ela no interior da loja, na presença de outras pessoas. Para o juízo de 1º Grau, os proprietários tentaram fazer “justiça com as próprias mãos” e a jovem deve ser indenizada pelos danos sofridos no valor de R$ 20 mil.

A empresa recorreu da decisão. O recurso foi relatado pela desembargadora Maria de Lourdes Pinho Medauar, da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A empresa alegou que o fato não existiu. Entretanto, a autora conseguiu comprovar o fato. Segundo a relatora, ela apresentou o boletim de ocorrência, “e a partir da sua leitura depreende-se que a narrativa nele constante está em harmonia com os fatos aduzidos em inicial”, além da testemunha. “Em verdade, quem não obteve sucesso em provar o quanto afirmado foi a parte ré, que se limitou a refutar as alegações iniciais, sem, entretanto, produzir qualquer tipo de prova”, declarou a desembargadora, que manteve o valor da indenização.(Cláudia Cardozo – Bahia Notícia) Leia mais.




Dois homens morrem carbonizados após caminhão capotar e pegar fogo na BA-001


Dois homens morreram carbonizados após um caminhão capotar e pegar fogo na tarde desta quarta-feira (3/4), na BA-001, trecho do município de Igrapiúna, no baixo sul da Bahia.

De acordo com a polícia, o motorista, que não teve a identidade revelada, perdeu o controle da direção do veículo, ao desviar de um buraco, e capotou no acostamento.

Segundo a polícia, os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Valença. O caso é investigado pela Polícia Civil.

script async src=”//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js”>