Nova fase da Lava Jato cumpre 23 mandados de prisão em RJ e SP

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal cumprem, na manhã desta quarta-feira (4), 23 mandados de prisão no Rio de Janeiro e em São Paulo em uma nova fase da Lava Jato. A ação  é uma sequência da Operação Fratura Exposta, responsável por investigar esquemas de corrupção na Secretaria Estadual de Saúde do estado … Leia Mais



Eunápolis: Homem sobrevive a sete tiros e é encontrado pelo Samu ‘conversando normalmente’


Eunápolis: Homem sobrevive a sete tiros e é encontrado pelo Samu 'conversando normalmente'

Um homem sobreviveu após levar sete tiros durante um ataque na noite do último sábado (30), em Eunápolis, no extremo sul do estado. E de acordo com o site Radar 64, além de escapar com vida, Pedro Souza ainda foi encontrado por agentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) sentado em uma cadeira, consciente e conversando normalmente. Testemunhas afirmam que Pedro estava em um bar no distrito de Colônia quando duas pessoas chegaram de moto e atiraram contra ele. O jovem de 20 anos foi levado para o Hospital Regional e está fora de risco.


Bandidos explodem agência de Abaré e fogem de barco após roubo


Bandidos explodem agência de Abaré e fogem de barco após roubo

Foto : Reprodução/TV Bahia

Cerca de 10 a 15 homens armados explodiram a agência do Banco Bradesco de Abaré, a unica da cidade, na madrugada de hoje (29). De acordo com a polícia, a ação durou aproximadamente 40 minutos. Os criminosos chegaram por volta das 2h e levaram todo o dinheiro que estava no cofre da unidade. Durante a fuga, houve troca de tiros e uma viatura da polícia foi atingida pelos disparos. Não há informações de feridos. Ainda de acordo com os agentes, os suspeitos seguiram em direção a um rio após a ação. Eles atearam fogo em dois carros que foram usados para o assalto e, em seguida, fugiram em um barco em direção a Pernambuco. O valor roubado não foi divulgado. (M1)





Conceição Do Almeida: Homem é morto a tiros no bairro da Estação


Conceição Do Almeida: Homem é morto a tiros no bairro da Estação

Foto: Reprodução

A violência voltou a assustar o município de Conceição do Almeida na noite da última sexta-feira (29/06). Segundo informações preliminares, um homem identificado por Luís Alberto Batista dos Santos Bispo de 44 anos, mais conhecido por “Ganância”, natural de Conceição do Almeida foi brutalmente assassinado com vários tiros no bairro da Estação. Os assassinos estavam a bordo de um carro de dados não identificado, que fugiram após o crime. A polícia esteve no local. O corpo da vítima foi removido para o Departamento de Polícia Técnica de Santo Antônio de Jesus. A autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas e será investigada pela polícia civil. (Sapeçu na Mídia)





Acusado de furtar carneiro pede indenização, perde ação e vira réu por abate clandestino


 Acusado de furtar carneiro pede indenização, perde ação e vira réu por abate clandestino

Um açougueiro perdeu uma ação em que pedia indenização de um vizinho que o denunciou por suposto furto de um carneiro, na cidade de Rafael Jambeiro, no recôncavo baiano. O açougueiro moveu uma ação por danos morais e materiais por ele suportados diante da queixa. Na ação, o homem afirma que em agosto de 2010 foi abordado por policiais em seu estabelecimento e levado à Delegacia de Rafael Jambeiro, diante da denúncia de furto do caprino. Ele só teria deixado a delegacia no final do dia. O réu, na instrução, afirmou que passou na feira da cidade onde o açougueiro trabalha e reconheceu o carneiro que estava pronto para ser vendido. O autor sustentou que a condução coercitiva à delegacia abalou sua honra e dignidade perante a sociedade local. Afirmou que o fato trata-se de acusação caluniosa, já que não ficou comprovado furto, e que o carneiro foi adquirido de um fazendeiro conhecido na região. Aduziu que através do seu trabalho de açougueiro sustenta sua família e que, com a denúncia, deixou de vender o carneiro, sofrendo prejuízos financeiros. A ação pedia reparação de danos no valor de R$ 7 mil. O furto não ficou comprovado, mas a partir da denúncia a polícia local apurou outro crime praticado pelo açougueiro: o de abate clandestino de animais. O açougueiro foi condenado em outro processo criminal por tal delito. O desembargador Moacyr Montenegro, da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), ao analisar o recurso do autor, afirmou que o apelo não merece provimento, pois a sentença de 1º Grau, que julgou improcedente o pedido, está correta. A decisão questionada aponta que nos autos não ficou demonstrado que o réu “teria esbravejado na comunidade tratar-se o autor de ladrão” e que não quis prejudicá-lo. “Malgrado tenha sido comprovado nos autos o abalo moral experimentado pelo recorrente, em decorrência da sua prisão em feira livre, não restou demonstrada a prática de conduta ilícita pelo recorrido, nem tampouco o nexo de causalidade entre a conduta e o dano”, disse o desembargador no acórdão. O relator lembra que a imputação de falso crime pode ensejar reparação por danos morais, mas asseverou que é preciso ficar claro que, ao fazer a denúncia, a pessoa teve intenção de provocar o dano. No caso, no entanto, não ficou comprovado a intenção do denunciante em provocar um dano para a imagem do açougueiro, já que ele acreditava que o animal havia sido furtado. O desembargador ainda reforçou que, através da queixa do vizinho, a Polícia investigou o açougueiro pelo abate clandestino de animais. “Assim, não restando comprovada qualquer ilicitude na conduta do apelado, consubstanciada na denúncia do apelante por fato supostamente criminoso, e não tendo o recorrido de nenhum modo contribuído para o abalo moral experimentado, inclusive porque a sua conduta se dirigiu tão-somente a apresentar a acusação à autoridade policial, sem provocar diretamente a exposição do apelante perante a comunidade local, não há [que se] falar em reparação dos danos morais e materiais invocados”, destacou o desembargador no voto. O acórdão transitou em julgado no último dia 13 de junho. (BN)


Feira de Santana: Agente de limpeza é assassinado a tiros enquanto trabalhava no bairro São João


Feira de Santana: Agente de limpeza é assassinado a tiros enquanto trabalhava no bairro São João

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Ontem (22), por volta das 21h40, foi assassinado na Rua Elpídio Nova, no bairro São João, o agente de limpeza Antônio Diego Oliveira de Jesus, 24 anos, que morava na Rua Rio Grande, Bairro Queimadinha. Antônio Diego era funcionário da empresa Sustentare, e foi atingido por disparos de arma de fogo enquanto recolhia o lixo. De acordo com o delegado André Ribeiro, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), e qu estava no plantão regional da Delegacia de Homicídios (DH), os colegas de trabalho informaram que dois a bordo de uma motocicleta praticaram o crime. A autoria e a motivação do assassinato será investigada pela DH a partir de imagens de câmeras de segurança que serão coletadas no local. O corpo do agente de limpeza foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica para ser necropsiado. Antônio Diego não tinha passagens pela polícia. Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade.