Polícia Federal prende o deputado João Rodrigues no Aeroporto de Guarulhos em SP

A Polícia Federal prendeu na manhã de hoje (8) o deputado federal João Rodrigues (PSD-SC), condenado pela segunda instância da Justiça Federal a cinco anos e três meses por dispensa irregular de licitação, quando ocupou o cargo de prefeito de Pinhalzinho (SC). A prisão ocorreu no Aeroporto internacional de Guarulhos. Investigação da Polícia Federal identificou que … Leia Mais


Prevista para abril, licitação da ponte Salvador-Itaparica é adiada

A licitação para construção da ponte Salvador-Itaparica prevista para ser lançada no mês de abril foi adiada. Segundo o governador Rui Costa, a medida atende a pedido de empresas que pediram mais tempo para complementar os estudos de viabilidade do projeto. “A princípio, iríamos licitar agora em abril, mas tivemos o pedido de duas empresas, … Leia Mais



Ministro do TSE intima Globo, Huck e Faustão a prestar esclarecimentos

O ministro Napoleão Nunes Maia, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), intimou nesta quinta-feira (1º) os apresentadores Luciano Huck e Fausto Silva, além das Organizações Globo, a prestar esclarecimentos sobre um programa veiculado na TV no começo de janeiro. Parlamentares do PT entraram com representação no TSE por suposto abuso dos meios de comunicação e de poder econômico … Leia Mais


Lídice é candidata de Lula ao Senado na Bahia, afirma Fátima Mendonça

Esposa do ex-governador e atual secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner, Fátima Mendonça afirmou nesta quarta-feira (31) que a senadora Lídice da Mata é a candidata do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ocupar uma das vagas ao Senado na chapa do governador Rui Costa. “Não foi ninguém que falou, foi o … Leia Mais


Presidente do TJ-BA: Gesivaldo enaltece PM e diz que justiça é integração de poderes


O desembargador Gesivaldo Britto aproveitou seu primeiro discurso como presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) para enalterce o papel da Polícia Militar na sociedade e defender a integração entre os poderes. Considerado o primeiro oficial da Polícia Militar a assumir o maior posto da Justiça baiana, Britto disse que Justiça é mais do que Poder Judiciário. “É a integração dos poderes, dos promotores, dos juízes”, afirmou, em referência aos poderes Legislativo e Executivo. O novo presidente do TJ-BA prometeu ajudar a fortalecer a advocacia – como começou na carreira jurídica – e disse que vai trabalhar para colocar o TJ-BA no lugar que ele merece. (BN)


Desempenho do Judiciário depende de melhoria na arrecadação, diz Rui em posse do TJ-BA


Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O desempenho do poder Judiciário baiano depende dos avanços da arrecadação per capita do estado, na avaliação do governador Rui Costa. Presente no ato de posse da Mesa Diretora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) para o biênio 2018-2020, Rui comentou que a Bahia é a 7ª economia do país, mas apenas a 20ª em arrecadação. “Isso impacta, inclusive, no funcionamento da Justiça, no menor número de juiz e servidores. É preciso melhorar o perfil de arrecadação do Estado, para que possamos dar melhor funcionamento ao Ministério Público, ao Tribunal de Justiça”, observou Rui.  (BN)


Datafolha: Inelegibilidade de Lula divide eleitores; 51% são a favor e 47% contra


              Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

 

A inegibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva após sua condenação em segunda instância divide a população brasileira. De acordo com pesquisa do instituto Datafolha, é maior numericamente a quantidade de pessoas que defendem que ele deveria ser impedido – são 51% contra 47% que avaliam que ele deveria poder concorrer – mas a diferença está dentro da margem de erro, de dois pontos para mais ou para menos. De acordo com a Lei da Ficha Limpa, Lula está inelegível após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) confirmar sua condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá. Sua pena também foi ampliada de 9 anos e meio para 12 anos e 1 mês. Lula, no entanto, pode conseguir concorrer por meio de recursos a tribunais superiores ou junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os grupos que mais defendem seu impedimento são os de eleitores com ensino médio (55%) e superior (67%) e os trabalhadores com renda familiar mensal acima de dois salários mínimos (60%) – à medida que cresce a renda, mais aumenta o apoio ao veto a sua candidatura, chegando a 70% entre os que ganham mais de dez salários mínimos. A possibilidade de candidatura é mais apoiada nas regiões Nordeste e Norte (respectivamente 71% e 53% dos eleitores). Nas outras regiões do país, mais de 60% se opõem à ideia.(BN)


Ala do PSB faz ofensiva para viabilizar Joaquim Barbosa à Presidência


A ala do PSB contrária à aliança com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) deu início a ofensiva para viabilizar a filiação e candidatura do ex-ministro Joaquim Barbosa pelo partido nas eleições presidenciais deste ano. Capitaneado pelo líder da legenda na Câmara, deputado Júlio Delgado (MG), o grupo prepara uma série de manifestos e notas de diretórios estaduais e da bancada no Congresso Nacional em apoio à candidatura do ex-ministro. O movimento da ala pró-Barbosa busca se contrapor à articulação liderada pelo vice-governador paulista Márcio França. De olho no apoio dos tucanos a sua candidatura ao governo de São Paulo neste ano, França articula aliança do PSB com Alckmin na eleição presidencial. A movimentação do vice-governador tem incomodado Barbosa, que disse a integrantes da cúpula do PSB que só aceita ser candidato a presidente se tiver amplo apoio na legenda. O primeiro manifesto em apoio ao ex-ministro foi lançado na semana passada pelo diretório do PSB mineiro. “A Executiva Estadual do PSB de Minas Gerais reconhece que a filiação de Joaquim Barbosa reforça os quadros do campo progressista. É homem público, capacitado, competente e dará grandes contribuições para as discussões temáticas nacionais”, diz a nota, aprovada na última terça-feira (23). “Como esta, teremos manifestos de outros Estados e, na volta do recesso, faremos um manifesto de deputados e senadores em apoio à candidatura dele (Barbosa)”, disse Delgado ao Broadcast Político. Ele disse que tem ligado e se reunido com pessebistas de outros Estados para articular as novas notas. A expectativa é de que os diretórios estaduais do Rio Grande do Norte, Acre e Piauí divulguem manifestos nessa linha nas próximas semanas. Delgado e outros deputados do PSB se reuniram com Barbosa na última quinta-feira, 25, um dia após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ser condenado pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). O encontro aconteceu em Brasília e contou com presença também do marqueteiro argentino Diego Brady, que trabalhou na campanha presidencial do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) em 2014. Na reunião, Barbosa, que deixou o Supremo Tribunal Federal (STF) em 2014, relatou incomodo com movimentos de alas do PSB contra sua candidatura. “Dissemos a ele que nem o Eduardo, que era governador de Pernambuco, presidente do partido e que teve toda uma história no partido, conseguiu unanimidade em 2014. É um trabalho de construção de candidatura e que vamos continuar fazendo”, declarou o líder do PSB na Câmara. Na reunião, o marqueteiro argentino sugeriu que Barbosa publicasse uma nota comentando o resultado do julgamento do TRF-4, que, por unanimidade, não só confirmou a condenação de Lula no processo do triplex do Guarujá (SP), já decidida pelo juiz Sérgio Moro, como aumentou a pena dele de 9 anos e seis meses para 12 anos e um mês. O ex-ministro, que presidiu o STF no julgamento do mensalão, no entanto, disse que não iria se manifestar publicamente para não ser “taxado de oportunista”. O encontro da semana passada foi o segundo de Barbosa com integrantes do PSB em menos de dois meses. Em 11 de dezembro, o ex-ministro se reuniu com deputados federais do partido em seu escritório em São Paulo. Nas duas conversas, admitiu interesse em disputar as eleições presidenciais deste ano, mas disse que só anunciará sua decisão oficial em março – o prazo para políticos que forem participar das eleições se filiarem a algum partido acaba em 7 de abril. A reportagem não conseguiu contato com o ex-ministro. O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, informou que o partido ainda não tomou nenhuma decisão sobre como se posicionará na disputa presidencial. Segundo ele, a legenda está focada agora na construção de candidaturas a governador em nove Estados. São eles: São Paulo, Minas, Distrito Federal, Sergipe, Pernambuco, Paraíba, Amazonas, Tocantins e Espírito Santo. (Estadão)


Procuradoria-Geral da República vai denunciar Rodrigo Maia, diz site


                            Foto: Alan Santos / PR

A Procuradoria-Geral da República (PGR) vai denunciar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, conforme informações do site O Antagonista. Ele é alvo de dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF), sendo um por caixa 2 e outro por corrupção passiva. Este último relata que o deputado teria ajudado na aprovação da Medida Provisória 613, de interesse da Braskem, em troca de R$ 100 mil para campanha. O DEM deve anunciar Maia como pré-candidato do partido à presidência da República durante a convenção nacional do partido, marcada para o dia 8 de março. (BN)