Dra. Patrícia Pesquisadora da UCSAL participa de um dialogo com o Grupo Terço com os Homens


Na ultima segunda-feira (10/09), a advogada Dra. Patrícia, pesquisadora da Universidade Católica de Salvador participou de um encontro com o Grupo Terço com os Homens da Igreja Matriz, Paroquia São Filipe e São Tiago. O intuito da reunião foi faz um levantamento sobre a dinâmica da zona rual do município.

De acordo com as informações da Dra. Patrícia, esse estudo no município de São Felipe, se deu em virtude da coordenadora do grupo pesquisa ter encontrado um jovem de 17 anos, que saiu aqui do município para buscar uma condição de vida melhor em Salvador, e chegando lá, passou a viver em uma situação, análogo de escravo. Por essa razão se fez necessário estudar de forma minuciosa os motivos pelo qual os jovens estão abandonando a zona rural.

Durante o encontro os participantes puderam expor as razões que tem contribuído para as pessoas abandonar o campo. E os motivos citados são inúmeros, começando pela falta de politicas publicas, dificuldade na comercialização e desvalorização do produto, escassez de mão de obras, apoio técnico…

A pesquisadora apontou, que, pelo que ela tem acompanhado, as dificuldades no município, está atrelada em as pessoas ainda não saber, a força que elas têm. “As pessoas impõem dificuldade em trabalhar em conjunto, deixam os interesses políticos predominar, e esquece-se de buscar alternativas em progredir, buscar uma condição de vida melhor e com isso todo mundo sai perdendo. Existem dois caminhos possíveis, ou as pessoas se une para Conquistar aquilo que elas almejam, ou elas continuam desunidas e todos saem prejudicados. Pelo que tenho observado a consequência de tudo isso é essa falta de união, tem que se mobilização, precisam atuar em conjunto. Enquanto isso não acontece uma serie de oportunidade estão sendo deixado para trás. Mas é possível reverter esse quadro é só uma questão de querer, e ir à luta”, destacou ela.


São Felipe BA: Ex-secretária de Saúde, Jeisa Santos, comenta o resultado do PMAQ


A ex-secretária de Saúde de São Felipe, Jeisa Santos, comenta o resultado obtido recentemente de qualificação do PMAQ. “Embora meu compromisso frente à saúde do município de São Felipe tenha se encerrado, hoje o momento é de agradecer e não mais me defender perante as críticas públicas. O meu trabalho não foi apenas reconhecido por pessoas que me apoiaram, foi bem mais que isso. O esforço da minha equipe foi reconhecido pelo Ministério da Saúde, onde as Equipes da Estratégia de Saúde da Família obtiveram a melhor certificação de qualidade, desde o início do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade (PMAQ) da Atenção Básica”, destacou ela.

Ela cita que precisa avançar muito mais. “É pouco, para o que ainda precisa ser feito pela nossa saúde pública, mas essa conquista revigora toda a minha luta e me afirma que o meu trabalho nunca foi em vão. Certamente, nossa gestão precisa dá passos mais largos e certamente dará… um passo de cada vez chegaremos lá”, apontou Jeisa.

Jeisa, agradeceu todos (as) pelo empenho e dedicação. “À toda minha equipe, o meu eterno agradecimento, pelo trabalho dedicado e o compromisso pela busca da qualidade. Sem o esforço de cada um, não teríamos chegado até onde nos foi permitido. Este não é um ganho só nosso, é de todos os sanfelipenses. Parabenizo a gestão do Sr. Rozálio da Hora e reafirmo meus sinceros agradecimentos! A saúde no Brasil passa por problemas que, as vezes, parecem infindáveis, mas o reconhecimento de que a cidade de São Felipe sai na frente se enquadrando nos padrões de qualidade exigidos pelo PMAQ, para mim, não tem preço! Sinto-me lisonjeada por isso, o que aguça em mim a certeza de que valeu a experiência! Saúde vai muito mais além do que uma área que se escolhe como profissão. Saúde é amor, cuidado e humanização. Parabéns a todos!”, concluiu ela.