Equipe do JC Repórter faz nova visita ao Rio Jaguaripe e constata situação critica


38501224_2137070026317518_7517547877426528256_n
38503200_2137069992984188_811565836157321216_n
38509640_2137069562984231_2980685416270659584_n
38512087_2137069809650873_7584849147371454464_n
38515495_2137069576317563_5075313860991254528_n
38516124_2137069726317548_9191759101871259648_n
38600327_2137067979651056_951650712821956608_n
38600472_2137069526317568_9181449144546361344_n
38600672_2137068246317696_2292216684301254656_n
38612192_2137070529650801_7824799577105498112_n
38614609_2137069689650885_3562887504761716736_n
38644327_2137067516317769_5549275433524002816_n
38652726_2137068142984373_468304477833658368_n
38658484_2137067776317743_778028429407682560_n
38697894_2137070279650826_663736244399767552_n
WhatsApp Image 2018-08-05 at 1.50.45 PM

Na manhã deste ultimo domingo (05/08) a reportagem do site JC Repórter, mais uma vez visitou a Fazenda Jaguaripe e constatou a situação precária em relação ao volume de agua do Rio.

“Estamos vivendo ainda a estação do inverno, e veja a quantidade de agua que percorre aqui nosso leito, imagine quando chegar o verão. Quando lembro que a cerca de 25 há 30 anos atrás, para atravessar esse Rio aqui neste trecho, só de jangada ou através de lombo de animal, e hoje, uma criança atravessa sem nenhuma dificuldade, é muito triste. Quanto pessoas sobrevivia através da pesca aqui neste Rio, hoje nem um filhote de piaba achamos mais. Declarou o morador vizinho ao Rio.

Outro morador ainda acrescentou que o trecho nas proximidades da Fazenda Jaguaripe, ainda conserva uma boa preservação. “Você ver que aqui nesta nossa região ainda conseguimos manter uma área preservado mais pelo que tenho observado mais de 80% do trajeto Rio está totalmente devastado. E para completar, hoje, os proprietários de terra próximos ao Rio e seus afluentes, utilizam muito agrotóxico, e com isso fica quase impossível à existência de vida no Rio, e para completar o agravamento da situação muita cidades ao entorno do Rio ou afluentes desagua seus esgotos sem nenhum tratamento”, desabafou outro defensor do Rio.

Acompanhe os detalhes desta visita no vídeo a seguir:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *