Ex-radialista da Radio Clube e Recôncavo FM participa do Festival da Jaca de São Felipe


Eliezer Geraldo, radialista de grande sucesso na Radio Clube e Recôncavo FM de Santo Antônio de Jesus na década de 80, prestigiou o XII Festival da Jaca de São Felipe.

“Quero abraçar a todos o povo que acompanhe a radio São Felipe FM e o Site JC Repórter. Estou muito feliz em está participando pela primeira vez deste festival de jaca, é um festival muito importante e muitas coisas min chamaram atenção, e uma dela foi um enxerto que um rapaz fez aqui ao vivo. Quero até deixar uma dica para os organizadores, que faça um trabalho com as jacas campeãs e que produza mudas para vender no ano seguinte, ou até mesmo doar, que apareça alguém que queira patrocinar, precisamos de ações em defesa de nossas jaqueiras”, destacou ele.

Reflexão sobre a importância da Jaca

“Hoje as pessoas estão utilizando de nossas jaqueiras para produzir mesa, bancos, peças de decorações de casa, e enquanto isso nossas jaqueiras estão sendo sacrificadas. Vejo as vendas de mudas de pé de mangueiras, de cajueiros, mas confesso que não vejo a venda de mudas de pé de jaca”, explanou-o.

Sua historia no radio

“Comecei no radio em 1984, fiquei por cinco anos na Radio Clube, fui o primeiro repórter policial a falar ao vivo direto do Complexo policial, na época nós tínhamos um programa, chamada Panorama Geral, feito todas as manhãs, e o carro chefe era as matérias jornalísticas e principalmente a matéria policial. Naquela época ficamos com pouco material porque o crime era tímido na região. Hoje vemos o avanço tecnológico em termos de radiodifusão, aparelho celular e em termo de criminalidade. A região era um verdadeiro paraíso, hoje vivemos nessa inquietação, certamos se eu voltasse hoje, teriam muito material para trabalhar, mas ficaria triste por ter muito, porque nós trabalhamos sem querer com esse tipo de coisa, fazemos porque é nossa obrigação, nossa função é divulgar, mas não nos agrada”, comentou Eliezer Geraldo.

“Ainda no radio fiz um programa chamado parabéns para você, durante cinco anos também, era campeão de audiência, não só por conta de Santo Antônio de Jesus, mas por conta de São Felipe, Muniz Ferreira, Cruz das Almas, Castro Alves, em fim a região todo”, pontuou-o.

Depois que a radio Clube saiu do ar, fui para a Radio Recôncavo FM, fiquei por dois anos, e depois sair também. Hoje atuo na área do serviço publico, sou oficial de justiça da Comarca de santo Antônio de Jesus, a cerca de 30 anos, se deixarem, me aposento, e se me aposentar, com certeza, não esqueci e não esqueço o radio e gostaria quem sabe aos finais de semana matar essa saudade, o radio é essa cachaça gostosa, é um vicio maravilhosa, que sempre produz amizade, e possui um papel pedagógico muito grande, que é informar, esclarecer, tornar a comunidade esclarecida e fazer com ela se defenda cada vez mais das adversidade que se abate principalmente sobre as pessoas mais carentes”, concluiu ele

A importância da Comunicação em todos os contextos

“Agraço a oportunidade, e peço às pessoas que valorize a prata da casa, tenho certeza que essa radio em São Felipe, tem mudado a comunidade. Levando esclarecimento, informando, a presença de meio de comunicação em uma cidade, faz com ela cresce cada vez mais, a nível de formação, e a moeda mais forte que temos hoje é a informação. A informação vai te livrar das coisas mais perigosas, do remédio que te mata, o indivíduo demagogo que só quer seu voto e não está pensando em você, ou seja é o meio de comunicação, é a informação que vai tornar você um cidadão capaz de se autodefender”, finalizou-o.

Veja no vídeo a seguir a entrevista completa com Eliezer Geraldo.