Indicado ao Senado pelo PSD, Coronel reúne apoio de prefeitos do PCdoB, PMDB e até PSB


Indicado ao Senado pelo PSD, Coronel reúne apoio de prefeitos do PCdoB, PMDB e até PSB

Foto: Divulgação

Indicado ao Senado pelo PSD, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel, tem recebido diariamente prefeitos e líderes regionais para fortalecer sua pré-candidatura. Sem ainda poder fazer o anúncio oficial devido ao imbróglio envolvendo a atual senadora Lídice da Mata (PSB) – que quer ser candidata à reeleição – com o governador da Bahia, Rui Costa (PT), Coronel tem atraído gestores municipais do PCdoB, MDB, PSDB e até do próprio PSB. Conforme levantamento feito pelo Bahia Notícias, através de dados disponibilizados por um dos caciques do PSD, o chefe do Legislativo estadual soma 299 prefeitos, de 417 municípios. Paulo Bonfim (PCdoB), de Juazeiro; Ricardo Moura (MDB), de Valença; Ricardo Mascarenhas (PSB), de Itaberaba; Rodrigo Hagge (MDB), de Itapetinga; e Duda Leite (PSDB), de Pojuca, já declararam apoio ao social-democrático. O deputado estadual Marcelo Nilo (PSB), um dos maiores defensores da candidatura da socialista, disse ao Bahia Notícias que não sabia e não tinha como conseguir a quantidade de gestores que apoiariam a candidatura de Lídice. Procurada, a assessoria de Lídice informou que ela “tem apoio de prefeitos do PSB e muitos partidos da base do governador Rui Costa”. “O PSB entende que a hora de contabilizar prefeitos será a partir do momento que o governador Rui Costa definir quem realmente fará parte da chapa, pois os prefeitos aliados seguirão a orientação do chefe do Executivo Estadual, que é o coordenador deste processo”, diz um trecho da nota.