São Felipe BA: Alunos da Escola Presidente Médici, realiza aula pratica de ciências


WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.30.45 AM
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.30.46 AM
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.30.49 AM
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.01 AM
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.07 AM
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.08 AM
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.09 AM
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.28 AM(1)
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.29 AM(1)
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.29 AM(2)
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.31 AM
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.32 AM
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.33 AM(1)
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.33 AM
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.35 AM(1)
WhatsApp Image 2018-08-14 at 11.31.36 AM

Fotos: Inga Célia

Os alunos das turmas do 8° Ano Matutino das salas Darcy Ribeiro e Paulo Freire, da Escola Municipal Presidente Médici, concluíram nesta terça-feira (14/08), a aula prática de ciências sobre os tecidos humanos, atividade foi orientada pela professora Célia Regina.

De acordo com informações da professora as atividades tiveram como objetivo a Identificação, classificação, caracterização estrutural e funcional. Diferenciar os tecidos Epitelial, Conjuntivo, Muscular e Nervoso; E Reconhecer a importância dos tecidos para os seres humanos. “Os alunos foram excelentes! Um sucesso mesmo! Estão de Parabéns, eles são muito criativos e responsáveis, deram um show na aula prática, que Deus abençoe vocês, muitos sucessos em suas trajetórias”, destacou a professora Celia Regina.

Um dos alunos fez uma síntese de todos os conteúdos trabalhados na atividade apresentada na sala.  “OS tecidos podem ser definidos como agrupamentos de células que apresentam formas e funções semelhantes. Podemos classificar os tecidos humanos em quatro tipos fundamentais: epitelial, conjuntivo, nervoso e muscular. O tecido epitelial atua no revestimento de estruturas do corpo e na absorção e excreção de substâncias, além da secreção de importantes produtos. Existem ainda epitélios que atuam na função sensorial e aqueles que possuem função germinativa. Tecido conjuntivo. O tecido sanguíneo é um exemplo de tecido conjuntivo O tecido conjuntivo, diferentemente do tecido epitelial, apresenta uma grande quantidade de matriz extracelular, além de uma grande variedade de células. Sua função é variada, relacionando-se, por exemplo, com o preenchimento, armazenamento de gordura, cicatrização, defesa do organismo, transporte de substância e sustentação. Levando em consideração as diferentes estruturas celulares e a matriz extracelular, o tecido conjuntivo pode ser classificado em diferentes tipos. Como exemplos de tecido conjuntivo, podemos citar o tecido conjuntivo propriamente dito, o tecido adiposo, o cartilaginoso, o ósseo e o sanguíneo. Apesar de serem tecidos bastante diferentes, eles apresentam em comum o fato de possuírem diferentes tipos celulares e uma grande quantidade de matriz extracelular. O tecido muscular destaca-se por sua capacidade de contração. O tecido muscular apresenta células alongadas com capacidade de contração, de manter o coração batendo adequadamente. Podemos classificar o tecido muscular em três tipos básicos: o tecido muscular estriado esquelético, tecido muscular estriado cardíaco e tecido muscular liso ou não estriado. Os músculos estriados esqueléticos estão ligados ao esqueleto e possuem contração voluntária. O músculo estriado cardíaco está presente no coração e apresenta contração involuntária. Já o músculo não estriado é encontrado na parede de alguns órgãos ocos, tais como o útero e a bexiga, e sua contração é involuntária. O tecido nervoso apresenta como componentes principais os neurônios e as células da glia. O tecido nervoso forma uma grande rede no organismo, permitindo a comunicação entre todas as partes do corpo. É por meio desse tecido que se torna possível a percepção do meio interno e também do meio externo. Aprendizagem, sensações de dor, criatividade, memória, contração muscular, entre outras ações, só são possíveis graças a esse tecido. O tecido nervoso possui apresenta como componentes principais os neurônios e as células da glia componentes: os neurônios e as chamadas células da glia. Os neurônios são o tipo mais conhecido e possuem a capacidade de propagar o impulso nervoso. Já as chamadas células da glia englobam um grande grupo de tipos celulares, como os oligodendrócitos e as células de Schwann, que produzem a bainha de mielina; os astrócitos, que possuem a função de sustentação dos neurônios; e a micróglia, células com capacidade fagocitária”, concluiu ele.