Temer reúne 27 governadores hoje para avaliar novas intervenções


Temer reúne 27 governadores hoje para avaliar novas intervenções

Logo após dar posse ao novo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, em cerimônia realizada nessa terça-feira (27), o presidente Michel Temer falou com alguns jornalistas e não descartou a chance de decretar novas intervenções federais no país. Segundo ele, depois de a medida ter sido adotada no Rio de Janeiro, o governo estudará “caso a caso” a situação de outros estados. Por isso, nesta quinta-feira (1º), está agendada uma reunião com governadores, a partir das 11 horas, no Palácio do Planalto. Para discutir o assunto, ele convocou uma reunião com os 27 representantes das unidades federativas. “Chamei os senhores governadores de estado para fazermos uma reunião na quinta-feira, pontualmente vamos verificando caso a caso”, declarou. Além deles, são esperados ministros, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e parlamentares aliados ao governo, conforme o portal G1.

Ainda de acordo com Temer, possíveis novas intervenções serão de responsabilidade da nova pasta. O presidente ainda afirmou que não será possível “erradicar toda a insegurança do país de um dia para o outro” e pediu o engajamento da sociedade civil no controle da criminalidade. (Noticias ao Minuto)