Uziel Bueno participa de bate-papo com JC Repórter e fala sobre vários assuntos e comenta o cenário político e polemica Igor Kannário


O apresentador do programa “NA Mira” da Rede Brasil de Televisão, Uziel Bueno, participou de um bate-papo na tarde desta quinta-feira (29/03), com o jornalista e radialista JC Repórter. Na oportunidade vários assuntos ligados ao apresentador foram abordados, tanto no campo profissional como no político.

Uziel ressaltou que a política é um momento, e não uma profissional. “ Eu gosto da política, mas as pessoas precisam entender que a política é um momento, não podemos usar a política em nosso benefício próprio as ações na política têm que visar o coletivo, o bem-estar da população, eu uso a política para servir”, explanou ele. Ele ainda comentou a possibilidade de ser candidato a deputado nesse pleito. “Recebi vários convites de diversos partidos, mas, ainda não sei, não tenho nada definido, estou analisando se saio para estadual ou federal”, concluiu ele.

Ele também comentou a polemica com o cantor Igor Kannário, “Eu não posso comungar com uma pessoa, que defende legalização de drogas, facção criminosa, humilha mães e pais de famílias, é contra a Policia Militar da Bahia que derrama seu sangue, todos os dias para nos defender, humilha mulheres, como foi o caso de uma policial negra em Feira de Santana, então eu não posso comungar com uma pessoa como essa. As pessoas podem dizer, a Uziel, então você é contra o pagode, não sou contra, eu defendo o pagode, acho que é cultura”, pontou ele. Ele ainda cita, que Kannário é um maconheiro. “Ele pode ser vereador, pode ser candidato a deputado, mas ele não deixa de ser maconheiro, o que ele defende, eu não comungo, e tenho certeza, que a maioria das famílias baiano, também não. A polemica é essa, eu defendo o bem, e ele defende o mal”, disparou Uziel.