JC Repórter

Câmara aprova projeto que barra os supersalários no poder público

Foto: Agência Câmara

O plenário da Câmara aprovou projeto que restringe e regulamenta os supersalários no poder público. Por unanimidade, os partidos orientaram voto a favor da proposta, que estava pronta para ir a plenário desde 2018.

O relator do texto é o deputado Rubens Bueno (Cidadania-PR), que estima uma economia de R$ 3 bilhões até R$ 10 bilhões ao ano.

Agentes públicos do governos federal, estadual e municipal e do Executivo, Legislativo e Judiciário serão atingidos. Estão inseridos o Ministério Público e a Defensoria Pública. Representantes de entidades ligadas ao Judiciário circularam pelo Congresso nesses dias.

O projeto volta para o Senado, onde será votado e segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro. (bahia.ba)


Curta e Compartilhe.


Leia Também